Terça-feira, 30 de Junho de 2009

Gaivotas ao fim da tarde

Gaivotas ao fim da tarde

Gaivotas

Gaivotas

Gaivotas no Algarve

Gaivota ao sol 

Fim de tarde no Algar Seco, as gaivotas aproveitam os ultimos raios de sol de um fim de dia primaveril

 

Algar Seco, Carvoeiro, Lagoa, Algarve

Abril de 2009


publicado por Jorge Soares às 18:48
link do post | comentar | favorito
|

Urgentemente

 O futuro do mar

 

URGENTEMENTE

 

 

É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.

 

É urgente destruir certas palavras,
Ódio, solidão e crueldade,
Alguns lamentos,
Muitas espadas.

 

É urgente inventar a alegria,
Multiplicar as searas,
É urgente descobrir rosas e rios
E manhãs claras.

 

Cai o silêncio nos ombros e a luz
Impura, até doer.
É urgente o amor, é urgente
Permanecer.

 

Eugénio de Andrade, Antologia Breve

 

Moinho das marés das Mouriscas, Setúbal,

Março de 2008

 

Câmara: OLYMPUS IMAGING CORP.FE-140,X-725, ISO: 80, Exposição: 1/800 seg.,Abertura: 4.6, Extensão focal: 6.3mm

 

 


publicado por Jorge Soares às 08:01
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 29 de Junho de 2009

Flores de Maio

Flores de Maio

Flores de Maio

Flores de Maio no Jardim do Quebedo

Flores de Maio 

 

Flores de Maio no Jardim do Quebedo, em Setúbal

 

Maio de 2009

 


publicado por Jorge Soares às 19:14
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Passa uma borboleta

 Borboletas na areia da praia do Malhão

 

 

Passa uma borboleta por diante de mim
E pela primeira vez no Universo eu reparo
Que as borboletas não têm cor nem movimento,
Assim como as flores não têm perfume nem cor.
A cor é que tem cor nas asas da borboleta,
No movimento da borboleta o movimento é que se move,
O perfume é que tem perfume no perfume da flor.
A borboleta é apenas borboleta
E a flor é apenas flor.

 

Alberto Caeiro

 

 

Jun 13, 2009, Câmara: SONY DSLR-A350, ISO: 100, Exposição: 1/1250 seg.Abertura: 5.6, Extensão focal: 200mm

 

Praia do Malhão, Vila Nova de Milfontes, Odemira

Junho de 2009

 
 


publicado por Jorge Soares às 08:05
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 28 de Junho de 2009

O chamamento

Gaivota na praia

Gaivotas na praia

Gaivotas na areia

Gaivotas na areia

Gaivotas na areia 

 

Primeiro chegou ele... bom, acha que era um ele..., poisou na praia bem abaixo da falésia, ali num espaço de areia que ainda não tinha sido invadido pelas toalhas, mal fechou as asas iniciaram os gritos de chamamento, andou por ali um minuto ou dois sempre a gritar, até que chegou ela... imagino que seria uma ela.... que isto do sexo das gaivotas é para entendidos, depois de mais alguns gritos em conjunto, andaram por ali, os dois lado a lado, até que uma criança mais curiosa os espantou e levantaram voo lado a lado, até uma reentrancia nas falésias... longe de olhares curiosos e crianças atrevidas.

 

Gaivotas na areia

Carvoeiro, Lagoa, Algarve

Abril de 2009


publicado por Jorge Soares às 13:49
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

500 Fotógrafos no Pontão de Alcochete

%00 Fotografos no Pontão de alcochete 

 

Incentivado pelo fotógrafo membro do Olhares José Luis Albuquerque, está previsto para o dia 4 de Julho de 2009, um encontro com o objectivo de ver reunidos 500 fotógrafos, para fotografarem juntos o pôr-do-sol no pontão de Alcochete.

 

O ponto de encontro será no Freeport Alcochete, às 12h.

 

No Freeport decorrerão diversas actividades durante a tarde, com o propósito de dinamizar ainda mais o evento. A nossa equipa levará até ao local o Retrato de Família e o Fotogame.

Horário

 

12:00 - Recepção e Briefing

13:30-16:00 - Almoço livre no Freeport

15:00-18:00 - Retrato Família

16:00-18:00 - Fotogame

19:30 - Transporte gratuito para o Centro de Alcochete

21:00 - 500 fotógrafos no pontão de Alcochete

 

A participação em todo o evento é gratuita e está aberta a todos os fotógrafos e respectivos acompanhantes.

No dia 4 de Julho venha conhecer a vila de Alcochete e goze de um dia cheio de emoções e criatividade!

Prémios Fotogame

 

As 3 equipas mais pontuadas no Fotogame receberão prémios Sony

 


publicado por Jorge Soares às 13:27
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 27 de Junho de 2009

A Ponte Vasco da Gama

A Vasco da Gama

Vasco da Gama

Ponte Vasco da Gama, Lisboa

Ponte Vasco da Gama

 

A Ponte Vasco da Gama e o Tejo

 

Lisboa, Março de 2009


publicado por Jorge Soares às 11:10
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 26 de Junho de 2009

Simples e bonitas

Flores

Flores algarve

Flores simples

Flores do Algarve 

 

As flores das falésias do Algarve

 

Carvoeiro, Lagoa, Algarve

Abril de 2009


publicado por Jorge Soares às 18:54
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Salomé

Libelinhas, corpos unidos 

Insónia rôxa. A luz a virgular-se em mêdo, 
Luz morta de luar, mais Alma do que a lua... 
Ela dança, ela range. A carne, alcool de nua, 
Alastra-se pra mim num espasmo de segrêdo... 

Tudo é capricho ao seu redór, em sombras fátuas... 
O arôma endoideceu, upou-se em côr, quebrou... 
Tenho frio... Alabastro!... A minh'Alma parou... 
E o seu corpo resvala a projectar estátuas... 

Ela chama-me em Iris. Nimba-se a perder-me, 
Golfa-me os seios nus, ecôa-me em quebranto... 
Timbres, elmos, punhais... A doida quer morrer-me: 

Mordoura-se a chorar--ha sexos no seu pranto... 
Ergo-me em som, oscilo, e parto, e vou arder-me 
Na bôca imperial que humanisou um Santo... 

 

Mário de Sá-Carneiro, in 'Indícios de Oiro'

 

Oct 19, 2008, Câmara: SONY , Modelo: DSLR-A350, ISO: 100, Exposição: 1/500 seg.,Abertura: 5.6 Extensão focal: 200mm
 
Libelinas em Setúbal
Outubro de 2009


publicado por Jorge Soares às 01:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 25 de Junho de 2009

Eu pus um sonho a voar

Eu pus um sonho a voar

 

 Eu pus um sonho a voar

Nas asas duma gaivota...

Um sonho de liberdade

De paz, amor e carinho;

Num impulso sobre o mar

Ela tomou sua rota

Cheia de força e vontade

De vencer todo o caminho.

 

Esperei dias, esperei noites

Pelos ventos de mudança...

Mas chegou-me um vento frio

Gélido todos os dias;

Ondas do mar em açoites

Rodopiam numa dança

Batendo no cais vazio

Em alvoradas sombrias.

 

Talvez a minha gaivota

Tivesse perdido o rumo...

Quem sabe se o sonho voa

Pelas terras de ninguém...

Ou ao lembrar-me em risota

Tenha perdido o aprumo,

Não achando ideia boa

Levar um sonho de alguém.

 

Talvez tenha sucumbido

Caindo nalguma vaga,

Sem cumprir essa missão

Que eu com afecto pedira;

Talvez não vendo o sentido

Ou achando não ser maga

Largasse o sonho-ilusão

Como mais uma mentira.

 

Vou ao cais de vez em quando

Como quem inda acredita,

Mas perdendo quase a esperança

De alguma coisa mudar...

De gaivotas vejo um bando,

Vou escolher a mais bonita!

A ver se leva e não cansa,

Este meu sonho a voar.

 

Joaquim Sustelo

 

Gaivota sobre a praia.

Carvoeiro, Lagoa Algarve,

Abril de 2009

Apr 9, 2009, Câmara: SONY DSLR-A350,ISO: 100, Exposição: 1/400 seg.,Abertura: 9.0, Extensão focal: 200mm

 
PS:Obrigado amiga

publicado por Jorge Soares às 08:01
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 24 de Junho de 2009

Detalhes...as cores da Primvera

Detalhes da Primavera

Amarelo...vida

Detalhes da Primavera..a flor branca e o bichinho verde

Detalhes...da Primavera

Detalhes..a borboleta e as flores lilás

 

Detalhes da Primavera que já passou...flores, cores, vida......

 

Setúbal, Abril de 2009

 

Jorge Freitas Soares


publicado por Jorge Soares às 18:45
link do post | comentar | favorito
|

Falas de civilização

Falas de civilização, Fernando Pessoa 

 

Falas de civilização...

 

Falas de civilização, e de não dever ser,

Ou de não dever ser assim.

Dizes que todos sofrem, ou a maioria de todos,

Com as coisas humanas postas desta maneira,

Dizes que se fossem diferentes, sofreriam menos.

Dizes que se fossem como tu queres, seriam melhor.

Escuto sem te ouvir.

Para que te quereria eu ouvir?

Ouvindo-te nada ficaria sabendo.

Se as coisas fossem diferentes, seriam diferentes: eis tudo.

Se as coisas fossem como tu queres, seriam só como tu queres.

Ai de ti e de todos que levam a vida

A querer inventar a máquina de fazer felicidade!

 

                                          Alberto Caeiro

 

Flores do Jardim do Qebedo

Setúbal, Maio de 2009

 

May 28, 2009, Câmara: SONY, DSLR-A350, ISO: 160, Exposição: 1/320 seg.,Abertura: 5.6, Extensão focal: 200mm


publicado por Jorge Soares às 08:01
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Terça-feira, 23 de Junho de 2009

O Porto e o São João

Porto

Porto

Porto, barcos rabelos

Porto

Balões do São João do Porto

 

Já passou um ano... O Porto, as sardinhas, a festa, o fogo de artificio à chuva.... este ano não houve... para o ano vai haver...

 

Jorge

 


publicado por Jorge Soares às 19:20
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

Solidão

Solidão 

 

Solidão

 

Aproximo-me da noite 
o silêncio abre os seus panos escuros 
e as coisas escorrem 
por óleo frio e espesso 

Esta deveria ser a hora 
em que me recolheria 
como um poente 
no bater do teu peito 
mas a solidão 
entra pelos meus vidros 
e nas suas enlutadas mãos 
solto o meu delírio 

É então que surges 
com teus passos de menina 
os teus sonhos arrumados 
como duas tranças nas tuas costas 
guiando-me por corredores infinitos 
e regressando aos espelhos 
onde a vida te encarou 

Mas os ruídos da noite 
trazem a sua esponja silenciosa 
e sem luz e sem tinta 
o meu sonho resigna 

Longe 
os homens afundam-se 
com o caju que fermenta 
e a onda da madrugada 
demora-se de encontro 
às rochas do tempo 

Mia Couto, in "Raiz de Orvalho e Outros Poemas"

 

 

Nov 9, 2008, Câmara: SONY DSLR-A350, ISO: 320, Exposição: 1/320 seg.,Abertura: 5.6,Extensão focal: 200mm

 

Fim de tarde de Novembro na praia do Meco,

 

Sesimbra, Setúbal

Novembro de 2008

 

 


publicado por Jorge Soares às 08:07
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Junho de 2009

Foz do arelho

 Foz do Arelho

Foz do Arelho

Foz do Arelho

Foz do Arelho

Foz do Arelho

 

Algures, num dia de Março, na Foz do Arelho

 

Foz do Arelho, Caldas da Rainha, Leiria

Março de 2009


publicado por Jorge Soares às 19:08
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 21 de Junho de 2009

Tarde no mar

 TRade no mar, Meco Sesimbra

 

Tarde no mar


A tarde é de oiro rútilo: esbraseia.
O horizonte: um cacto purpurino.
E a vaga esbelta que palpita e ondeia,
Com uma frágil graça de menino,

Pousa o manto de arminho na areia
E lá vai, e lá segue o seu destino!
E o sol, nas casas brancas que incendeia,
Desenha mãos sangrentas de assassino!

Que linda tarde aberta sobre o mar!
Vai deitando do céu molhos de rosas
Que Apolo se entretém a desfolhar...

E, sobre mim, em gestos palpitantes,
As tuas mãos morenas, milagrosas,
São as asas do sol, agonizantes...

 Florbela Espanca

Praia do Meco, Sesimbra, Setúbal
Novembro de 2008
Nov 9, 2008, Câmara: SONY ,DSLR-A350, ISO: 100, Exposição: 1/160 seg.,Abertura: 13.0,Extensão focal: 55mm 

 


publicado por Jorge Soares às 22:30
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 20 de Junho de 2009

Porquê?

Na algodeia, os grafitis do coreto

No Jardim da algodeia

 No Jardim da algodeia

O coreto da Algodeia... branco
 

 

Já aqui falei do Jardim da Algodeia, fica a dois passos de casa, é um lugar agradável, arejado, os miudos gostam do parque infantil, eu costumo levar a máquina e há sempre coisas para olhar.

 

No centro do Jardim há um lago que em dias de muita chuva serve de bacia de retenção para as águas que vem da Serra da Arrábida, o resto do tempo serve de pista de competição aos barcos do modelismo, e de casa a milhares de peixes, num dos extremos há uma espécie de coreto, o que vemos nas fotografias, a ultima é de Maio e foi a primeira vez que o vi branco. O resto do tempo, por muito que a camara se esforce em o pintar, está como podem ver nas outras fotografias.

 

Há quem diga que o grafitti é uma arte, até pode ser, mas não consigo ver arte no estragar da pintura de um lugar assim, não percebo qual é a lógica, para mim isto é vandalismo puro.

 

Jardim da Algodeia, Setúbal

Jorge Soares

Junho de 2009


publicado por Jorge Soares às 17:33
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Junho de 2009

Detalhes da Primavera:A flor e o bichinho das cores

A abelha, a flor amarela e o bichinho

Flor amarela

A flor e o bichinho das cores

Flor amarela

 

Detalhes da Primavera em Setúbal

Abril de 2009

 


publicado por Jorge Soares às 19:31
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Bocage

Praça do Bocage

 

 Magro, de olhos azuis, carão moreno, 

Bem servido de pés, meão na altura, 

Triste de facha, o mesmo de figura, 

Nariz alto no meio, e não pequeno; 

 

Incapaz de assistir num só terreno, 

Mais propenso ao furor do que à ternura, 

Bebendo em níveas mãos por taça escura 

De zelos infernais letal veneno; 

 

Devoto incensador de mil deidades 

(Digo, de moças mil) num só momento, 

E somente no altar amando os frades; 

 

Eis Bocage, em quem luz algum talento; 

Saíram dele mesmo estas verdades 

Num dia em que se achou mais pachorrento. 

 

Bocage, in 'Rimas'

 

Praça Du Bocage, Setúbal, Fevereiro de 2009

 

Feb 28, 2009, Câmara: SONY DSLR-A350,ISO: 100,Exposição: 1/80 seg.,Abertura: 9.0 Extensão focal: 18mm


publicado por Jorge Soares às 07:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 18 de Junho de 2009

Fim de tarde junto ao rio

Fim de tarde à beira rio

Fim de tarde em Carrigaline

Fim de tarde na Irlanda

Fim de tarde Na Irlanda, Carrigaline, Cork

Fim de tarde em Carrigaline

Gosto da luz do fim de tarde, principalmente quando está sol e suficiente luz, que não era o caso neste dia, mesmo assim ficou um belo ambiente de cores suaves.

 

Junto ao rio em Carrigaline, Cork, Irlanda

Abril de 2009


publicado por Jorge Soares às 19:03
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

A Abelha

  A abelha, fernando pessoa

 

 

A abelha que, voando, freme sobre

A colorida flor, e pousa, quase

Sem diferença dela

À vista que não olha,  

 

Não mudou desde Cecrops. Só quem vive

Uma vida com ser que se conhece

Envelhece, distinto

Da espécie de que vive. 

 

Ela é a mesma que outra que não ela.

Só nós - ó tempo, ó alma, ó vida, ó morte! -

Mortalmente compramos

Ter mais vida que a vida. 

 

Ricardo Reis

 

 

 

Apr 19, 2009,Câmara: SONY DSLR-A350,ISO: 160,Exposição: 1/320 seg.,Abertura: 5.6,Extensão focal: 200mm

 

Um daqueles momentos que dá nome a este blog, há coisas que só vejo quando passo as fotografias para o computador, eU foquei e fotografei a flor e a abelha maior, a outra foi um bónus da natureza, nem me lembro de a ver por lá.

 

Detalhes de uma primavera que já esteve em flor

Setúbal, Abril de 2009

 

 


publicado por Jorge Soares às 07:57
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 17 de Junho de 2009

Miauuuuu

Gato

Gata

Gatos de Setúbal

Gatos de Setúbal

Gatos

 

Adoro gatos

 

Gatos de Setúbal

Abril de 2009


publicado por Jorge Soares às 19:29
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Pedras da calçada

Pedras da calçada

 

O suspeito foi calado

Não tendo as provas na mão
Não sabemos por que fado
Estando longe dele, então

 

Não teve companhia,
E nem reclamar ninguém,
Não chegou a ser refém,
Esteve ausente por um dia.

 

É nas pedras da calçada,
Que a canção nos sai melhor,
É nas pedras da calçada,
Que o desejo abafa a dor

 

Ofereceste-me uma rosa,
Quanto vale ao fim da vida?
Vale a voz silenciosa,
Vale a testa adormecida.

 

É nas pedras da calçada,
Que a canção nos sai melhor,
É nas pedras da calçada,
Que o desejo abafa a dor.

 

Jorge Palma

 

Apr 11, 2009, Câmara: SONY DSLR-A350,ISO: 100,Exposição: 1/1250 seg.,Abertura: 5.6,Extensão focal: 22mm

 

Portimão, Abril de 2009

 


publicado por Jorge Soares às 07:59
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 16 de Junho de 2009

Mais Portugal, Praia da Rocha

Praia da Rocha

Praia da Rocha, Algarv, Portimãoe

Mar Português, Portimão

Praia da Rocha, Portimão, Algarve

Praia da Rocha

 

Nunca estive no Algarve no verão, não imagino como seja, mas gosto de lá ir fora e época, na Primavera ou no Outono.... lembro-me que a minha primeira vez foi em Dezembro, num inverno frio e seco.....  e adorei....

 

Praia da Rocha, Portimão, Abril de 2009


publicado por Jorge Soares às 18:03
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Pássaro

O pássaro

 

Aquilo que ontem cantava

já não canta.
Morreu de uma flor na boca:
não do espinho na garganta.

 

Ele amava a água sem sede,
e, em verdade,
tendo asas, fitava o tempo,
livre de necessidade.

 

Não foi desejo ou imprudência:
não foi nada.
E o dia toca em silêncio
a desventura causada.

 

Se acaso isso é desventura:
ir-se a vida
sobre uma rosa tão bela,
por uma tênue ferida.

 

Cecilia Meireles

Fotografia tirada em Setúbal, de longe achei que era um melro, só quando vi a imagem no computador reparei nos detalhes...  não sei se será primo dos melros..mas é sem duvida uma bela ave.

 

Apr 26, 2009, Câmara: SONY DSLR-A350,ISO: 125,Exposição: 1/320 seg.,Abertura: 5.6,Extensão focal: 200mm,Flash: Não

 


publicado por Jorge Soares às 07:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 15 de Junho de 2009

Um recanto do nosso país, beleza à beira mar

Recantos do Algarve

Recantos do Algarve, Carvoeiro

Recantos do Algarve, Carvoeiro

Gaivota

Recantos do Algarve, Flores à beira mar 

Um belo recanto à beira mar plantado, mar, falésias, flores, gaivotas.... o sol do fim de tarde, todo o encanto do nosso pais num pedacinho de terra.

 

Carvoeiro, Lagoa, Algarve, Portugal

Abril de 2009


publicado por Jorge Soares às 21:24
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Domingo, 14 de Junho de 2009

Lisboa à noite

 Lisboa à noite

Lisboa à noite

Lisboa à noite

Recantos de Lisboa

Eléctrico 28 em Lisboa

 

Lisboa à noite

 

Novembro de 2008


publicado por Jorge Soares às 23:16
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sábado, 13 de Junho de 2009

Sofro Lídia

Arcadas da praça do comércio em Lisboa 

 

Sofro, Lídia, do medo do destino.  

A leve pedra que um momento ergue  

As lisas rodas do meu carro, aterra  

        Meu coração.

Tudo quanto me ameace de mudar-me  

Para melhor que seja, odeio e fujo.  

Deixem-me os deuses minha vida sempre  

        Sem renovar

 

Meus dias, mas que um passe e outro passe  

Ficando eu sempre quase o mesmo, indo  

Para a velhice como um dia entra  

        No anoitecer.

 

Fernado Pessoa in Cancioneiro

 

Nov 22, 2008, Câmara: SONY DSLR-A350,ISO: 320,Exposição: 1/30 seg.,Abertura: 3.5,Extensão focal: 18mm Flash: Não

 

Lisboa, Praça do Comércio, Novembro de 2008


publicado por Jorge Soares às 12:09
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 12 de Junho de 2009

Flor que não dura

Flor que não dura - Fernando Pessoa

 

Flor que não dura 

Mais do que a sombra dum momento 

Tua frescura 

Persiste no meu pensamento.

Não te perdi 

No que sou eu, 

Só nunca mais, ó flor, te vi 

Onde não sou senão a terra e o céu. 

 

Fernando Pessoa

 

Nov 8, 2008,Câmara: SONY DSLR-A350, ISO: 100 Exposição: 1/400 seg. F: 6.3, Extensão focal: 200mm Flash: Não

 

Setúbal, Novembro de 2008

 


publicado por Jorge Soares às 11:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 11 de Junho de 2009

Da minha Aldeia

Igreja de Ul e Parque Molinológico

 

DA MINHA ALDEIA vejo quando da terra se pode ver no Universo....

Por isso a minha aldeia é grande como outra qualquer

Porque eu sou do tamanho do que vejo

E não do tamanho da minha altura...

Nas cidades a vida é mais pequena

Que aqui na minha casa no cimo deste outeiro.

Na cidade as grandes casas fecham a vista a chave,

Escondem o horizonte, empurram nosso olhar para longe de todo o céu,

Tornam-nos pequenos porque nos tiram o que os nossos olhos nos podem dar,

E tornam-nos pobres porque a única riqueza é ver.

  

Alberto Caeiro, em "O Guardador de rebanhos"

 

Parque Moilinológico de Ul, Ul, Oliveira de Azemeis, Aveiro

 

Apr 4, 2009, Câmara: SONY DSLR-A350, ISO: 100 Exposição: 1/125 seg. Abertura: 11.0 Extensão focal: 26mm


publicado por Jorge Soares às 11:49
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Related Posts with Thumbnails

Direitos de Autor
Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março.
Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo e serão retiradas de imediato.

 

.pesquisar

 

Também estou aqui: 

Olhares

Picasa Jorge Freitas Soares

Picasa Momentos e olhares



First Class Radio 

.mais sobre mim

.arquivos

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Quem cá vem



.mais comentados

blogs SAPO

.subscrever feeds