Sexta-feira, 30 de Novembro de 2012

No dia triste o meu coração mais triste que o dia...

Nuvens

 

Nuvens

 

No dia triste o meu coração mais triste que o dia... 
Obrigações morais e civis? 
Complexidade de deveres, de consequências? 
Não, nada... 
O dia triste, a pouca vontade para tudo... 
Nada... 

Outros viajam (também viajei), outros estão ao sol 
(Também estive ao sol, ou supus que estive), 
Todos têm razão, ou vida, ou ignorância simétrica, 
Vaidade, alegria e sociabilidade, 
E emigram para voltar, ou para não voltar, 
Em navios que os transportam simplesmente. 
Não sentem o que há de morte em toda a partida, 
De mistério em toda a chegada, 
De horrível em todo o novo... 

Não sentem: por isso são deputados e financeiros, 
Dançam e são empregados no comércio, 
Vão a todos os teatros e conhecem gente... 
Não sentem: para que haveriam de sentir? 
Gado vestido dos currais dos Deuses, 
Deixá-lo passar engrinaldado para o sacrifício 
Sob o sol, alacre, vivo, contente de sentir-se... 
Deixai-o passar, mas ai, vou com ele sem grinalda 
Para o mesmo destino! 
Vou com ele sem o sol que sinto, sem a vida que tenho, 
Vou com ele sem desconhecer... 

No dia triste o meu coração mais triste que o dia... 
No dia triste todos os dias... 
No dia tão triste...

 

Álvaro de Campos

 

Novembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 08:55
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Novembro de 2012

Quanto tempo dura o eterno?

De guarda

 

Alice: Quanto tempo dura o eterno?
Coelho: As vezes apenas um segundo.
(Alice no País das Maravilhas)

Lewis Carroll


Acreditem ou não, esta fotografia foi tirada em frente a um quartel militar que está activo .... claramente foi num lugar onde se dão prioridades a outras coisas.... desejo de todo coração que seja assim para sempre ... e que os exemplos se sigam noutros locais onde há mais dificuldade em estabelecer este tipo de prioridades.

 

Cidade da Praia

Cabo Verde

Novembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 18:16
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

ausência

Ausência

 

Ausência

 

Um deserto sem água

Numa noite sem lua

Num país sem nome

Ou numa terra nua

Por maior que seja o desespero

Nenhuma ausência é mais funda que a tua

 

Sophia de Mello Breyner Andresen

 
Num fim de tarde no Jardim do Bonfim
Setúbal
Outubro de 2012
Jorge Soares

publicado por Jorge Soares às 08:26
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Quarta-feira, 28 de Novembro de 2012

Nas margens do Sado

Fim de tarde à beira Sado

No sado

À beira Sado

Fim de tarde à BeiraSado

Fim de Trade nas margens do Sado

 

Fim de tarde nas margens do Sado

Setúbal

Outubro de 2012

Jorge Soares

 


publicado por Jorge Soares às 21:18
link do post | comentar | favorito
|

A palidez do dia é levemente dourada.

Gerês

 

A palidez do dia é levemente dourada.

O sol de Inverno faz luzir como orvalho as curvas

                Dos troncos de ramos secos.

                O frio leve treme.

 

Desterrado da pátria antiquíssima da minha

Crença, consolado só por pensar nos deuses,

                Aqueço-me trémulo

                A outro sol do que este.

 

O sol que havia sobre o Parténon e a Acrópole

0 que alumiava os passos lentos e graves

                De Aristóteles falando.

                Mas Epicuro melhor

 

Me fala, com a sua cariciosa voz terrestre

Tendo para os deuses uma atitude também de deus,

                Sereno e vendo a vida

                À distância a que está.

 

Ricardo Reis


Gerês

Novembro de 2010

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 08:53
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 27 de Novembro de 2012

Tarde pintada por não sei que pintor.

Folhas do Outono

 

 

Outono

Tarde pintada
Por não sei que pintor.
Nunca vi tanta cor
Tão colorida!
Se é de morte ou de vida,
Não é comigo.
Eu, simplesmente, digo
Que há fantasia
Neste dia,
Que o mundo me parece
Vestido por ciganas adivinhas,
E que gosto de o ver, e me apetece
Ter folhas, como as vinhas.

Miguel Torga, Diário X (1966)


Uma folha de plátano pintada com as cores do Outono

jardim do Bonfim, Setúbal

Outubro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 19:41
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

O descanso do guerreiro

O descanso do guerreiro

 

Um bom descanso é metade do trabalho.

Provérbio Iugoslavo


publicado por Jorge Soares às 09:18
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Segunda-feira, 26 de Novembro de 2012

Cada folha uma flor

A ternura do Outono

 

Outono é outra primavera, cada folha uma flor.

Albert Camus


Jardim do Bonfim,

Setúbal, Outubro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:38
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 25 de Novembro de 2012

A obra prima

O gato

 

 

"O menor entre todos os gatos é uma obra prima."

(Leonardo da Vinci)


publicado por Jorge Soares às 21:38
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 24 de Novembro de 2012

Madrugada, o porto adormeceu

Amanhecer

 

memória da noite

 

Madrugada, o porto adormeceu, amor,

A lua ondula sobre as ondas

Piso espelhos antes de que saia o sol

Na noite guardei a tua memória.

 

Perderei outra vez a vida

Quando a luz romper nos costões,

Perderei o dia em que aprendi a beijar

Palabras dos teus olhos sobre o mar,

Perderei o dia em que aprendi a beijar

Palavras dos teus olhos sobre o mar.

 

Veio a manhã antes de vir o rumor,

Levou uma maré à sua sombra.

Barcos negros cruzam a manhã sem voz,

As redes vazias, sem gaivotas.

 

E dirão, contarão mentiras

Para oferecer-las ao patrão:

Vão querer fechar com algumas moedas, talvez,

Os teus olhos abertos sobre o mar,

Vão querer fechar com algumas moedas, talvez,

Os teus olhos abertos sobre o mar.

 

Madrugada, o porto despertou, amor,

O relógio do bar ficou parado

Na costeira muda da desolação

Não vamos esquecer nem perdoa-lo.

 

Voltarei, voltarei à vida

Quando a luz bater nos costões

Por que nós arrancamos todo o orgulho do mar,

Nós não afundaremos nunca mais

Que em sua memória nao haja mais volta:

Nao nos humilharemos NUNCA MAIS.

 

Xabier Cordal


Ouvir a versão cantada por:

 

Sara Vidal e Luar na Lubre

 


publicado por Jorge Soares às 22:54
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Demoro-me no outro lado de mim

Pensando a vida

 

Demoro-me no outro lado de mim
porque me atrai
esse ser impossível
que sou
esse ser que me nega
para que seja ainda eu
Porque desejo esse alguém
que me invade e me ocupa
que me usurpou a palavra e o gesto
me fez estrangeiro do meu corpo
e me deixou mudo, contemplando-me.
Lanço-me na procura da minha pedra
no infindável trabalho
de me reconstruir
recolhendo os sinais do meu desaparecimento
percorrendo o revés da viagem
para regressar a um lugar inabitável.
Todas as vezes que me venci
não me separei do meu sonho derrotado
e, assim, me fiz nuvem
reparti-me em infinitas gotas
para que fosse bebido, vertido, transpirado
e voltasse de novo a ser céu
transparência de azul, harmonia perfeita
e poder regressar ao lugar interior
para me deitar, de novo,
no sangue que me iniciou.

 

Mia Couto 

 

Parque Urbano de Albarquel

Setúbal, Setembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 10:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 23 de Novembro de 2012

Cabo Verde - Serra da Malagueta

Serra da Malagueta, Cabo Verde

Serra da Malagueta, Cabo Verde

Serra da Malagueta

Serra da Malagueta

Serra da Malagueta

 

Da praia à serra verde é um instantinho.. 

 

Serra da Malagueta

Cabo Verde

Novembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:42
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Durante o outono elas choraram as dores

Novembro

 

Preparando a Primavera


Durante o outono elas choraram
as dores, em folhas caídas
e um lindo berço prepararam
para as tristes sombras da vida

E já no outono, o sol que nasce
escuta esse arrependimento
e é como se o calor deitasse
a paz na vida, a um só momento.

Virá o inverno - isso é certeza!
- e o frio implacável da neve - 
mas diz a lei da natureza
que o inverno terá que ser breve.


Gilberto Almeida


publicado por Jorge Soares às 08:59
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 22 de Novembro de 2012

Cabo Verde - Bungavilias

Bungavilias

Bungavilias

Bungavilias

Bungavilias

Bungavilia

 

Bingavilias

Plateau, Cidade da Praia, Cabo Verde

Novembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 19:43
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 21 de Novembro de 2012

Cabo Verde - Praia do Tarrafal 4

Tarrafal

Tarrafal

Tarrafal

Tarrafal

Tarrafal

 

 

A outra Praia do Tarrafal... come-se ali um atum grelhado delicioso debaixo daquelas árvores.....

 

Tarrafal, cabo Verde

Novembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 20 de Novembro de 2012

Cabo Verde - Praia do Tarrafal 3

Praia do Tarrafal

Praia do Tarrafal

Praia do Tarrafal

Praia do Tarrafal

Praia do Tarrafal

 

Gente na Praia do Tarrafal

Cabo Verde, Novembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:53
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 19 de Novembro de 2012

Cabo Verde - Praia do Tarrafal 2

Pescadores, Praia do tarrafal

Praia do Tarrafal

Praia do Tarrafal

Praia do Tarrafal

Cabo Verde, Praia do Tarrafal

 

 

Os barcos de pesca na Praia do Tarrafal

Cabo Verde

Novembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:42
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Domingo, 18 de Novembro de 2012

Cabo Verde - Praia do Tarrafal

Praia do Tarrafal

Praia do Tarrafal, Cabo Verde

Praia do Tarrafal

Praia do Tarrafal

Praia do Tarrafal

 

Praia do Tarrafal

Cabo Verde

Novembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 19:32
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Sábado, 17 de Novembro de 2012

Contrastes

Contrastes, as bungavillias no meio do verde

 

Nunca tinha visto, na mesma planta temos umas flores laranjas e outras vermelhas,.. flores não, que na realidade aquilo são folhas coloridas que só existem para proteger a pequena flor branca que está lá no centro.

 

Algures no Plateau, Cidade da Praia, Cabo Verde

Novembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 11:11
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Novembro de 2012

Levantar voo sobre Lisboa 2

Lisboa e o Tejo

Lisboa e o Tejo desde o céu

O Tejo e a 25 de AbrilO Tejo

O Tejo e Almada desde o Céu

 

Lisboa, o Tejo, a Ponte 25 de Abril e Almada

Novembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 19:10
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quinta-feira, 15 de Novembro de 2012

O gosto a sol e a sangue dos sentidos.

Vendedoras de Água de Coco

 

 

Caminharemos de Olhos Deslumbrados

 

Caminharemos de olhos deslumbrados 
E braços estendidos 
E nos lábios incertos levaremos 
O gosto a sol e a sangue dos sentidos. 

Onde estivermos, há-de estar o vento 
Cortado de perfumes e gemidos. 
Onde vivermos, há-de ser o templo 
Dos nossos jovens dentes devorando 
Os frutos proibidos. 

No ritual do verão descobriremos 
O segredo dos deuses interditos 
E marcados na testa exaltaremos 
Estátuas de heróis castrados e malditos. 

Ó deus do sangue! deus de misericórdia! 
Ó deus das virgens loucas 
Dos amantes com cio, 
Impõe-nos sobre o ventre as tuas mãos de rosas, 
Unge os nossos cabelos com o teu desvario! 

Desce-nos sobre o corpo como um falus irado, 
Fustiga-nos os membros como um látego doido, 
Numa chuva de fogo torna-nos sagrados, 
Imola-nos os sexos a um arcanjo loiro. 

Persegue-nos, estonteia-nos, degola-nos, castiga-nos, 
Arranca-nos os olhos, violenta-nos as bocas, 
Atapeta de flores a estrada que seguimos 
E carrega de aromas a brisa que nos toca. 

Nus e ensanguentados dançaremos a glória 
Dos nossos esponsais eternos com o estio 
E coroados de apupos teremos a vitória 
De nos rirmos do mundo num leito vazio. 


Ary dos Santos, in 'Liturgia do Sangue'

 

Vendedoras de cocos na praia do Tarrafal

Cabo Verde

Novembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 17:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Novembro de 2012

Esteve aqui

Plateau, Vabo Verde

 

Na vida só vale o amor e a amizade. O resto é tudo pinóia, é tudo presunção, não paga a pena..."

Jorge Amado


Numa parede no Plateau, Cidade da Praia, Cabo Verde

Novembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 17:53
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 13 de Novembro de 2012

Chateado

Chateado

 

Está chateado por causa de alguma coisa ou alguém? Daqui a alguns meses ficará mais ainda quando perceber o tempo que perdeu por causa disto.

Daniel Doretto


Praia do Tarrafal

Cabo Verde

Novembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 22:45
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2012

Levantar voo sobre Lisboa

Aeroporto de Lisboa

Aeroporto de Lisboa

Lisboa desde o céu

Levantar voo em Lisboa

Levantar voo em Lisboa

 

Normalmente quando vou de viagem levo a máquina comigo, nunca a tinha tirado no momento da descolagem ou aterragem, esta vez não consegui resistir ao por do sol sobre Lisboa e à luz mágica da nossa capital.

 

Tive sorte, o atraso no voo e o tempo de sul fizeram com que levantasse na hora em que a luz dourada iluminava os prédios da cidade e na direcção certa.

 

Levantando voo no Aeroporto de Lisboa

Outubro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 17:39
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Domingo, 11 de Novembro de 2012

Cabo Verde - Plateau 2

Plateau, Praia, Cabo Verde

Plateau, Cabo Verde

Plateau, Cabo Verde

Plateau, Cabo Verde

Plateau, Cabo Verde

 

 

Plateau, Cidade da Praia, Cabo Verde

Novembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 10:28
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 10 de Novembro de 2012

Cabo Verde - Eu jurei a mim mesmo

Amílcar Cabral

 

eu jurei a mim mesmo, que tenho que dar a minha vida, toda a minha energia, toda a minha coragem, toda a minha capacidade que posso ter como homem, até ao dia em que morrer, ao serviço do meu povo, na Guiné e Cabo-Verde. Ao serviço da causa da humanidade, para dar a minha contribuição, na medida do possível, para a vida do homem se tornar melhor no mundo. Este é que é o meu trabalho

 

Amilcar Cabral

1969


publicado por Jorge Soares às 10:43
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 9 de Novembro de 2012

Cabo Verde - Kebra Kanela

Praia de Kebra Kanela

Kebra Kanela

Kebra Kanela

Kebra kanela

Praia de Kebra Kanela, Cabo Verde

 

Praia de Kebra Kanela.

A icidade da Praia e a Ilha de Santiago não são definitivamente o melhor cartaz turistico de Cabo Verde... não se vê ali, mas da parte de cima há um excelente bar de praia onde bebi o maior Gin Tónico que alguma vez vi na vida...e soube mesmo bem.

Cidade da praia, Cabo Verde

Novembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 19:03
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 8 de Novembro de 2012

Cabo Verde - Vista desde o Plateau sobre uma das praias da Cidade da Praia

Cidade da Praia

Cidade da Praia

Cidade da Praia

Cidade da praia

Cidade da Praia

 

Vista desde o Plateausobre uma das praias da Cidade da Praia

 

Cidade da praia, Cabo Verde

Novembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 19:44
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 7 de Novembro de 2012

Cabo Verde - Plateau

Cabo Verde, Plateau, Cidade da Praia

Plateau, Cidade da Praia, Cabo Verde

Cabo Verde

Bandeira de Cabo Verde

Cabo Verde

 

 Plateau, cidade da Praia, Cabo Verde

Novembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:53
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 6 de Novembro de 2012

Na idade da alegria... brincar

Brincar

Brincar

Brincar

Brincar

Brincar

 

Jardim do Bonfim

Outubro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:37
link do post | comentar | favorito
|
Related Posts with Thumbnails

Direitos de Autor
Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março.
Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo e serão retiradas de imediato.

 

.pesquisar

 

Também estou aqui: 

Olhares

Picasa Jorge Freitas Soares

Picasa Momentos e olhares



First Class Radio 

.mais sobre mim

.arquivos

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Quem cá vem



.mais comentados

blogs SAPO

.subscrever feeds