Quinta-feira, 31 de Outubro de 2013

Detalhes do Outono 2

Detalhes do Outono

Detalhes do Outono

Detalhes do Outono

 

Parece que o Outono está a ficar deslavado... acho que a minha máquina está a entregar a sua alma ao criador... está para reparar... espero que seja só o software, pois acho que não sei viver sem ela.... 

 

O outono no sopé da Arrábida

Setúbal, Outubro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:41
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 30 de Outubro de 2013

Boca do Inferno

Boca do Inferno

Boca do Inferno

Boca do Inferno

Boca do Inferno

 

Boca do Inferno 

Cascais

Outubro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:37
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Terça-feira, 29 de Outubro de 2013

Detalhes do Outono : Borboletas

Borboleta

Borboleta

Borboleta

 

Setúbal, Outubro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 22:18
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 28 de Outubro de 2013

Detalhes do Outono : Figos

Figos

Figos

Figos

 

Figos, algures às portas de um velho casarão abandonado no sopé da Arrábida

Setúbal, Outubro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 22:22
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Domingo, 27 de Outubro de 2013

Detalhes do Outono

Dias de Outono

Detalhes do Outono

Detalhes do Outono

 

Detalhes de um Outono ameno no sopé da serra da Arrábida

Setúbal, Outubro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:50
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sábado, 26 de Outubro de 2013

Todos os caminhos me servem.

Caminhos, Cascais

 

Todos os caminhos me servem. 
Em todos serei o ébrio 
cabeceando nas esquinas. 
Uma rua deserta e o hálito 
das pessoas que se escondem, 
uma rua deserta e um rafeiro 
por companheiro. 

Ó mar que me sacode os cabelos 
que mulher alguma beijou, 
lágrimas que os meus olhos vertem 
no suor dos lagares, 
que uma onda vos misture 
e vos leve a morrer 
numa praia ignorada. 

Fernando Namora, in "Mar de Sargaços"


Cascais, Setembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 18:16
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Outubro de 2013

Espinhos

Rosa

 

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho, 
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!

Machado de Assis


Setúbal, Outubro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:40
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Outubro de 2013

Cascais

Cascais

Cascais

Cascais

Cascais

Cascais

 

Cascais

Setembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:18
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 23 de Outubro de 2013

uma questão de luz interior

Luz

 

 

 

A felicidade é simplesmente uma questão de luz interior.

Henri Lacordaire



Lumina Cascais

Setembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:51
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 22 de Outubro de 2013

Cascais

Cascais

 

Cascais

Setembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:31
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 21 de Outubro de 2013

Regar a luz

Lumina

 

Das coisas mais bonitas que vi... o mais curioso é que já estava ali há dois ou três minutos, até já tinha tirado as fotografias e estava de tal forma encadeado com a beleza das cores que nem tinha reparado nas formas, alguém teve que me dizer que eram regadores... 

 

Pena que a fotografia não faça juz à beleza do que se via.

 

Lumina, Cascais

Setembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:42
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 20 de Outubro de 2013

Azul

Azul

 

 

Não, não é tratamento de imagem, era mesmo isto que se via lá.

 

Lumina 

Cascais, Setembro de 2013

Fotografia tirada com a máquina na mão

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:28
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Outubro de 2013

Caminhos

Caminhos

 

Há pessoas que nunca se perdem porque nunca se põem a caminho.

 Goethe , Johann


Guincho

Cascais

Setembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 22:07
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Outubro de 2013

E não mentir é um dom que o mundo não merece...

Foi-se a vida

 

 

Amanheci em cólera. Não, não, o mundo não me agrada. A maioria das pessoas estão mortas e não sabem, ou estão vivas com charlatanismo. E o amor, em vez de dar, exige. E quem gosta de nós quer que sejamos alguma coisa de que eles precisam. Mentir dá remorso. E não mentir é um dom que o mundo não merece...


Clarice Lispector


Cascais, Setembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:50
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 16 de Outubro de 2013

Dunas

Dunas

 

Dunas como são divãs
Quem nos visse deitados de cabelos molhados bastante enrolados
Sacos camas salgados
Nas Dunas, roendo maçãs
A ver garrafas de óleo, boiando vazias nas ondas da manhã


Cascais

Setembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:20
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 15 de Outubro de 2013

Ai Portugal Portugal

Portugal

 

Lumina, Cascais

Setembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 14 de Outubro de 2013

A sombra

Sombras

 

Não podes ver o que és. O que vês é a tua sombra.


Rabindranath Tagore



Burgos

Agosto de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 22:11
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 13 de Outubro de 2013

Esta deveria ser a hora em que me recolheria

Solidão

 

Solidão

 

Aproximo-me da noite 
o silêncio abre os seus panos escuros 
e as coisas escorrem 
por óleo frio e espesso 

Esta deveria ser a hora 
em que me recolheria 
como um poente 
no bater do teu peito 
mas a solidão 
entra pelos meus vidros 
e nas suas enlutadas mãos 
solto o meu delírio 

É então que surges 
com teus passos de menina 
os teus sonhos arrumados 
como duas tranças nas tuas costas 
guiando-me por corredores infinitos 
e regressando aos espelhos 
onde a vida te encarou 

Mas os ruídos da noite 
trazem a sua esponja silenciosa 
e sem luz e sem tinta 
o meu sonho resigna 

Longe 
os homens afundam-se 
com o caju que fermenta 
e a onda da madrugada 
demora-se de encontro 
às rochas do tempo 

Mia Couto, in "Raiz de Orvalho e Outros Poemas"

 

 

Com um tripé de certeza que sairia mais nítida e sem tanto ruido... mas será que ela se deixava apanhar?

Burgos

Agosto de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 22:11
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 12 de Outubro de 2013

Luz entre Sombras

Burgos

 

Luz entre Sombras

 

É noite medonha e escura, 
Muda como o passamento* 
Uma só no firmamento 
Trêmula estrela fulgura. 

Fala aos ecos da espessura 
A chorosa harpa do vento, 
E num canto sonolento 
Entre as árvores murmura. 

Noite que assombra a memória, 
Noite que os medos convida, 
Erma, triste, merencória. 

No entanto...minha alma olvida 
Dor que se transforma em glória, 
Morte que se rompe em vida. 

Machado de Assis, in 'Falenas'


Burgos

Agosto de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 17:52
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 11 de Outubro de 2013

Chove?, nenhuma chuva cai

Chuva

 

Chove? Nenhuma chuva cai... 
Então onde é que eu sinto um dia 
Em que ruído da chuva atrai 
A minha inútil agonia ? 

Onde é que chove, que eu o ouço? 
Onde é que é triste, ó claro céu? 
Eu quero sorrir-te, e não posso, 
Ó céu azul, chamar-te meu... 

E o escuro ruído da chuva 
É constante em meu pensamento. 
Meu ser é a invisível curva 
Traçada pelo som do vento... 

E eis que ante o sol e o azul do dia, 
Como se a hora me estorvasse, 
Eu sofro... E a luz e a sua alegria 
Cai aos meus pés como um disfarce. 

Ah, na minha alma sempre chove. 
Há sempre escuro dentro de mim. 
Se escuro, alguém dentro de mim ouve 
A chuva, como a voz de um fim... 

Os céus da tua face, e os derradeiros 
Tons do poente segredam nas arcadas... 

No claustro sequestrando a lucidez 
Um espasmo apagado em ódio à ânsia 
Põe dias de ilhas vistas do convés 

No meu cansaço perdido entre os gelos, 
E a cor do outono é um funeral de apelos 
Pela estrada da minha dissonância... 

Fernando Pessoa, in "Cancioneiro"


Burgos, Agosto de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 23:53
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Outubro de 2013

Pequenos

Burgos

 

Quem é pequeno vê no maior apenas o que um pequeno é capaz de perceber.

Hermann Hesse


Burgos, porta de entrada na catedral

Agosto de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:31
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 9 de Outubro de 2013

Burgos

Burgos

Burgos

Burgos

Burgos

Burgos

 

Burgos, Espanha

Agosto de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:40
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 8 de Outubro de 2013

A Dune du Pyla 2

Dune du Pyla

Dune du Pyla

Dune du Pyla

Dune du Pyla

Dune du Pyla

 

Dune du Pyla

Arcachon, França

Agosto de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:20
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 7 de Outubro de 2013

A Dune du Pyla

Dune du Pyla

Dune du Pyla

Dune du Pyla

Dune du Pyla

Dune du Pyla

 

Grande Duna de Pyla, também chamada de Pilat, (em língua francesa, Grande dune du Pilat ou du Pyla; do gascão, Pilòt, "grande monte" ou "pilha") é uma enorme formação de areia natural costeira acumulada no litoral aquitano do golfo da Biscaia ou de Gasconha na entrada da baía de Arcachón. A duna situa-se no termo municipal de La Teste-de-Buch, comuna pertencente ao departamento de Gironda e a comarca natural do Pays de Buch, ao sudoeste da França.

 

Tanto a geomorfologia como a posição da Grande Duna se encontram em permanente evolução e deslocamento desde sua génesis, estimada há vários milhares de anos. Contém um volume total aproximado de mais de 60 milhões de m³ de areia fina eólica que se estendem sobre 87 hectares de superfície, ocupando 2,7 km de costa linear e até 500 m de bosque do Parque Natural das Landas de Gasconha, para cujo interior penetra inexoravelmente a razão de 3 a 4 metros anuais, segundo as medições realizadas desde a década de1960.

 

A Grande Duna tem uma singular amplitude de sua crista, a mais alta do continente europeu, a um fenômeno geologicamente muito recente: o colapso no século XVIII de um grande banco de areia oceânica situado em frente a sua costa. Este banco de areia proporcionou o material sedimentário depois transportado progressivamente pela natureza e acumulado, como resultado da atividade humana de florestação e de luta contra a invasão arenosa, para conformar a cimeira da duna que evoluiu desde os 35 m de altura medidos em meados do século XIX, até atingir entre 80 e 107 m segundo os estudos realizados desde a década de 1980

 

Fonte Wikipédia

 

Arcachon, França

Agosto de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:07
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

A lua sobre a Dune du Pyla

A lua sobre a Dune du Pyla

 

As coisas que não levam a nada têm grande importância
Cada coisa ordinária é um elemento de estima.
Manoel de Barros - Matéria de Poesia

A lua a aparecer sobre a Dune du Pyla
Arcachon, França
Agosto de 2013
Jorge Soares

publicado por Jorge Soares às 08:40
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 6 de Outubro de 2013

Châtellerault 2

Châtellerault

Châtellerault

Châtellerault

Châtellerault

 

Châtellerault é uma pequena cidade que fica algures a norte de Poitiers, de Paris a Bordéus eram mais de 700 kms, pelo que decidimos ficar algures a meio... olhamos para o mapa e escolhemos um pouco ao caso... era Sábado à tarde, depois de nos instalarmos no hotel que ficava nos arredores junto à auto-estrada, fomos dar uma volta e procurar um sitio para jantar....

 

Na altura achamos pareceu-nos uma pequena cidade cinzenta, sem Sor e sem graça... talvez seja o meu olhar de fotógrafo, mas vista agora desde aqui, parece-me um pequeno lugar encantador para o que não soubemos olhar na altura.

 

Châtellerault, França

Agosto de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:45
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sábado, 5 de Outubro de 2013

Imagem fabricada

No Louvre

 

Na competição em termos de prestígio apenas parece sensato tentarmos aperfeiçoar a nossa imagem em vez de nós próprios. Isso parece ser a forma mais económica e directa para produzirmos o resultado desejado. Acostumados a viver num mundo de pseudo-eventos, celebridades, formas dissolventes, e em imagens-sombra, nós confundimos as nossas sombras com nós próprios. A nós elas parecem mais reais que a realidade. Porque é que elas não deveriam parecer assim aos outros? 

Daniel J. Boorstin, in 'The Image. A Guide to Pseudo-Events in America'


 

Paris, França

Agosto de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:10
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Outubro de 2013

Châtellerault

Chatellerault

Chatellerault

Chateullerault

Chateullerault

Chateullerault

 

Châtellerault, França

Agosto de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 22:18
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Outubro de 2013

Paris - Place du Panthéon

Paris

Paris

Paris

Paris

Paris

 

Paris - Place du Panthéon

Agosto de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:20
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Outubro de 2013

No país dos para-ventos, estava a bandeira vermelha

Praia da Torreira

Praia da Torreira

Praia da Torreira

Praia da Torreira

Praia da Torreira

 

Recordações do verão agora que a chuva chegou

Praia da Torreira

Murtosa

Agosto de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:11
link do post | comentar | favorito
|
Related Posts with Thumbnails

Direitos de Autor
Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março.
Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo e serão retiradas de imediato.

 

.pesquisar

 

Também estou aqui: 

Olhares

Picasa Jorge Freitas Soares

Picasa Momentos e olhares



First Class Radio 

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 268 seguidores

.arquivos

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Quem cá vem



.mais comentados

SAPO Blogs

.subscrever feeds