Terça-feira, 31 de Dezembro de 2013

Natal em Budapeste

Natal em Budapeste

Natal em Budapeste

Natal em Budapeste

Natal em Budapeste

Natal em Budapeste

 

 

Natal em Budapeste

Hungria, Dezembro de 2013

Jorge Soares

 


publicado por Jorge Soares às 14:14
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 30 de Dezembro de 2013

Natal em Budapeste - Feiras de Rua

Natal Em Budapest

Budapeste

Natal Em Budapeste

Natal em Budapeste

Natal em Budapeste

 

Vai um copo de mulled bor?

 

É incrivel como com 0 graus à noite os mercados e feiras de natal ao ar livre se enchiam de gente.... é claro que o vinho quente com especiarias ajudava.

 

Budapeste, Hungria

Dezembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:55
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 29 de Dezembro de 2013

Budapeste à noite

Parlamento

Parlamento

Budapeste

Budapeste

Budapeste à noite

 

Budapeste à noite

Hungria, Dezembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 16:50
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 28 de Dezembro de 2013

Budapeste à noite - Ponte Széchenyi Lánchíd 2

Budapeste

Budapeste

Budapeste

Budapeste

Budapeste

 

Buapeste, Hungria

Dezembro de 2013

Jorge Soares

 


publicado por Jorge Soares às 17:02
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 27 de Dezembro de 2013

Budapeste à noite - Ponte Széchenyi Lánchíd

Ponte

 Mapa de lugares em Ponte Széchenyi Lánchíd Ponte Széchenyi Lánchíd

Budapeste

Ponte

Ponte

 

 

Ponte Széchenyi Lánchíd é uma ponte pênsil que atravessa o rio Danúbio entre Buda e Peste, os lados ocidental e oriental de Budapeste, capital da Hungria. Possui 375 metros de extensão. Foi inaugurada em 20 de novembro de 1849.

Em ambas as margens temos:

 

Praça Roosevelt (com o Palácio Gresham e a Academia de Ciências da Hungria);
Praça Adam Clark (na Pedra do Quilômetro Zero e no fim do funicular do Castelo de Buda).

 

Budapeste, Hungria

Dezembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:16
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 26 de Dezembro de 2013

Budapeste à noite - Castelo de Buda

Budapeste à noite

Budapeste à noite

Budapeste

Budapeste à noite

Budapeste à noite

 

O Castelo de Buda (em húngaro Budai Vár; em turco Budin Kalesi) é o castelo histórico dos reis da Hungria em Budapeste. No passado também foi chamado de Palácio Real (em húngaro Királyi-palota) e Castelo Real (em húngaro Királyi Vár). Construído na encosta sul da Colina do Castelo, próximo do velho Bairro do Castelo (em húngaro Várnegyed), o qual é famoso pelas suas casas e edifícios públicos medievais, barrocos e oitocentistas, está ligado à Praça Adam Clark e à Ponte Széchenyi Lánchíd pelo Funicular da Colina do Castelo.

 

O Castelo de Buda foi classificado pela UNESCO, em 1987, como Património da Humanidade, integrado no sítio Budapeste, com as Margens do Danúbio, o Bairro do Castelo de Buda e a Avenida Andrássy.

 

Budapeste, Hungria

Dezembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:28
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Dezembro de 2013

Natal em Budapest

Natal em Budapeste

 

Budapeste, Dezembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 19:10
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 22 de Dezembro de 2013

É natal, é natal

Feliz Natal

 

Um feliz natal para todos

 

Um eléctrico com muíto espirito natalicio... o efeito das luzes é cortesia do Picasa... não faço ideia como se faz..

 

Budapeste, Dezembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 19:04
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sábado, 21 de Dezembro de 2013

A pálida luz da manhã de Inverno

Inverno

 

A pálida luz da manhã de Inverno,

 

A pálida luz da manhã de Inverno,

        O cais e a razão

Não dão mais esperança, nem uma esperança sequer,

        Ao meu coração.

        O que tem que ser

Será, quer eu queira que seja ou que não.

 

No rumor do cais, no bulício do rio

        Na rua a acordar

Não há mais sossego, nem um vazio sequer,

        Para o meu esperar.

        O que tem que não ser

Algures será, se o pensei; tudo mais é sonhar.

 

Fernando Pessoa

 

Algures em Budapeste

Dezembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 12:34
link do post | comentar | favorito
|

É natal, é natal

Natal

 

A Melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida.

 

Desconhecido

 

O natal numa rua de Budapeste

Dezembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 10:39
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 20 de Dezembro de 2013

Nos dias frios do Outono 2

Os dias frios do Outono

 

 

Silêncio

 

Assim como do fundo da música 
brota uma nota 
que enquanto vibra cresce e se adelgaça 
até que noutra música emudece, 
brota do fundo do silêncio 
outro silêncio, aguda torre, espada, 
e sobe e cresce e nos suspende 
e enquanto sobe caem 
recordações, esperanças, 
as pequenas mentiras e as grandes, 
e queremos gritar e na garganta 
o grito se desvanece: 
desembocamos no silêncio 
onde os silêncios emudecem. 

Octavio Paz, in "Liberdade sob Palavra" 
Tradução de Luis Pignatelli

 

Nos dias frios do Outono

Parque Catarina Eufémia

Barreiro, Dezembro de 2013


publicado por Jorge Soares às 17:53
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 19 de Dezembro de 2013

Nos dias frios do Outono

Outono

 

O que resta do Outono numa manhã cinzenta fria e de nevoeiro

Parque Catarina Eufémia

Barreiro, Dezembro de 2013

 


publicado por Jorge Soares às 19:38
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 18 de Dezembro de 2013

Nostalgia

Outono

 

O tempo não pára! Só a saudade é que faz as coisas pararem no tempo...

Mario Quintana

 

Dezembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:37
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 17 de Dezembro de 2013

Os dias do Outono em Setúbal 8

Outono

Outono

Outono

 

Não estava assim tanto frio como pode parecer pelas roupas... 

 

Os dias do Outono em Setúbal

Praia da Saúde, Dezembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 17:10
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Dezembro de 2013

De que são feitos os dias?

Tempo

 

 

De que são feitos os dias? 
- De pequenos desejos, 
vagarosas saudades, 
silenciosas lembranças. 

Entre mágoas sombrias, 
momentâneos lampejos: 
vagas felicidades, 
inatuais esperanças. 

De loucuras, de crimes, 
de pecados, de glórias 
- do medo que encadeia 
todas essas mudanças. 

Dentro deles vivemos, 
dentro deles choramos, 
em duros desenlaces 
e em sinistras alianças...

 

Cecília Meireles



Os dias do Outono em Setúbal

Praia da Saúde, Dezembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 17:07
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 15 de Dezembro de 2013

Morre lentamente ....

Tempo

 

 

Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, repetindo todos os dias os mesmos trajetos, quem não muda de marca, não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece.
Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru.
Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o negro sobre o branco e os pontos sobre os “is” em detrimento de um redemoinho de emoções, justamente as que resgatam o brilho dos olhos, sorrisos dos bocejos, corações aos tropeços e sentimentos.
Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não se permite pelo menos uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.
Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo.
Morre lentamente quem destrói o seu amor-próprio, quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente, quem passa os dias queixando-se da sua má sorte ou da chuva incessante.
Morre lentamente, quem abandona um projeto antes de iniciá-lo, não pergunta sobre um assunto que desconhece ou não responde quando lhe indagam sobre algo que sabe.
Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo exige um feito muito maior que o simples fato de respirar. Somente a ardente paciência fará com que conquistemos uma esplêndida felicidade.

 

Martha Medeiros

 

Os dias do Outono em Setúbal

Praia da Sáude, Dezembro de 2013

Jorge Soares 


publicado por Jorge Soares às 17:02
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 14 de Dezembro de 2013

O tempo não pára

O tempo

 

O tempo não pára! Só a saudade é que faz as coisas pararem no tempo...

Mario Quintana


Os dias do Outono em Setúbal

Praia da Saúde

Setúbal, Dezembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 17:56
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 13 de Dezembro de 2013

Envelhecer

Envelhecer

 

Se o tempo envelhecer o seu corpo
mas não envelhecer a sua emoção,
você será sempre feliz.

Augusto Cury



Os dias do Outono em Setúbal

Praia da Saúde, Dezembro de 2013

Praia da saude,envelhecer,fotografia


publicado por Jorge Soares às 21:54
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2013

... quero ser menino

Vida

 

 

Quando eu era menino, os mais velhos perguntavam: o que queres ser quando cresceres? Hoje Já não perguntam . Se perguntassem, eu diria que quero ser menino.

Fernando Sabino



Os dias do Outono em Setúbal

Praia da saúde, Dezembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 19:49
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 11 de Dezembro de 2013

Brincar

Brincar

Brincar

Brincar

Brincar

 

Os dias do Outono em Setúbal

Praia da saúde, Dezembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 19:46
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 10 de Dezembro de 2013

O amor no mar de prata

amor

Amor

Amor

Amor

Amor

 

Os dias do Outono na praia da Saúde

Setúbal, Novembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:14
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Dezembro de 2013

um carinho no momento preciso

Amor

 

No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as únicas
que o vento não conseguiu levar:
um estribilho antigo
um carinho no momento preciso
o folhear de um livro de poemas
o cheiro que tinha um dia o próprio vento...

 

Mario Quintana

 

Os dias do Outono em Setúbal

Praia da Saúde

Dezembro de 2013

 

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:16
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 8 de Dezembro de 2013

Os dias do Outono em Setúbal 7

amor

 

Ter alguém é escolha, escolher permanecer com essa pessoa é uma decisão; e exige compromisso, entrega, honestidade e dedicação.

Amor é não enjoar de amar! Rosto bonito envelhece, maquilhagem sai com água, pele bonita enruga, cabelo bonito fica branco, corpo definido cai, mas o carácter fica!

Carolina Ribeiro


É assim o Outono em Setúbal, esta vez fomos tomar café à praida da Saúde, desde a esplanada frente ao rio a vista era esta, o sol da tarde converte o rio num mar de prata brilhante, e ficamos por ali, a ver a vida passar... devagar.

 

Parai da Saúde,

Setúbal, Dezembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 18:32
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 7 de Dezembro de 2013

Dúvida

Outono

 

Dúvida

 

Eu corro atrás da memória 
De certas coisas passadas 
Como de um conto de fadas, 
De uma velha, velha história... 

Tão longe do que hoje sou 
Que nem sei se quem recorda 
Foi aquele que as passou, 
Ou se apenas as sonhou 
E agora, súbito, acorda. 

Francisco Bugalho, in "Canções de Entre Céu e Terra"

 

O Outono num banco do Jardim don Bonfim

Setúbal, Novembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 18:09
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Dezembro de 2013

Outono no Jardim do Bonfim 6

Outono no Bonfim

Outono no Bonfim

Outono no Bonfim

Outono

Outono no Bonfim

 

Os dias do Outono no Jardim do Bonfim

Setúbal, Novembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 22:28
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Dezembro de 2013

Instagram

Setúbal

Telemóvel

 

Enquanto a máquina estava a reparar, fui tentando umas coisas com o telemóvel, estas foram via instagram.... eu sei, há quem consiga tirar obras de arte com o telemóvel... quando eu for grande quero um telemóvel igual ao deles.

 

Praia da Saúde, Setúbal

Novembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:09
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Dezembro de 2013

A mais bela das borboletas

Borboleta

 

Ser feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade.

Carlos Drummond de Andrade


Uma borboleta que passou em frente ao meu telemóvel 

 

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:59
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 2 de Dezembro de 2013

O Outono num banco de Jardim

O Outono num banco de jardim

 

 

O Outono num banco de Jardim

Jardim do Bonfim

Setúbal, Novembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:14
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Domingo, 1 de Dezembro de 2013

Outono no Jardim do Bonfim 5

Folhas

 

 

Exige muito de ti e espera pouco dos outros. Assim, evitarás muitos aborrecimentos.

Confúcio



Jardim don Bonfim,

Setúbal, Novembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 18:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Related Posts with Thumbnails

Direitos de Autor
Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março.
Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo e serão retiradas de imediato.

 

.pesquisar

 

Também estou aqui: 

Olhares

Picasa Jorge Freitas Soares

Picasa Momentos e olhares



First Class Radio 

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 268 seguidores

.arquivos

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Quem cá vem



.mais comentados

SAPO Blogs

.subscrever feeds