Terça-feira, 10 de Novembro de 2015

Palmela, o anoitecer desde o Castelo

Palmela

 

A experiência de vida faz-se não pela quantidade de tempo que se vive,

mas pela intensidade dos momentos vividos.

Sidnei Eclache 

 

Anoitece em Palmela, vista desde o Castelo

Setembro de 2015

Jorge Soares

 

Câmara: SONY ILCA-77M2, ISO: 6400, Exposição: 1/15 seg., Abertura: 4.5 Extensão focal: 35mm

 


publicado por Jorge Soares às 21:17
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 21 de Outubro de 2015

Rumo ao sol

Zadar, Croácia

 

Volta teu rosto sempre na direção do sol, e então, as sombras ficarão para trás.

Sabedoria oriental

 

Fim de tarde em Zadar

Croácia, Agosto de 2015

Jorge Soares

 

 

Câmara: SONY  ILCA-77M2, ISO: 100, Exposição: 1/800 seg., Abertura: 11.0, Extensão focal: 70mm

 


publicado por Jorge Soares às 21:19
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 20 de Outubro de 2015

Ocaso

Ocaso em Zadar, Croácia

 

Sob as lentes
o ocaso.
E um sopro de estrelas...

Raniere Gonçalves

 

Ocaso  em Zadar

Croácia, Agosto de 2015

Jorge Soares

 

Câmara: SONY ILCA-77M2, ISO: 800, Exposição: 1/160 seg., Abertura: 5.6, Extensão focal: 100mm


publicado por Jorge Soares às 21:05
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 4 de Outubro de 2015

Ocaso

Ocaso em Novigrad, Croácia

 

Amei, fui amado e o sol acariciou a minha face.
Vida, nada me deves! Vida, estamos em paz!"

Juan Crisóstomo Ruiz de Nervo (Poeta mexicano)

 

Novigrad, Croácia

Agosto de 2015

Jorge Soares

 

Câmara: SONY ILCA-77M2, ISO: 100, Exposição: 1/100 seg., Abertura: 6.3, Extensão focal: 40mm

 


publicado por Jorge Soares às 22:11
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 10 de Setembro de 2013

... todos em comunhão, mudos, saboreando-a.

Fim de Tarde


Já não quero dicionários 
consultados em vão. 
Quero só a palavra 
que nunca estará neles 
nem se pode inventar. 

Que resumiria o mundo 
e o substituiria. 
Mais sol do que o sol, 
dentro da qual vivêssemos 
todos em comunhão, 
mudos, 
saboreando-a. 

Carlos Drummond de Andrade, in 'A Paixão Medida'


Fim de tarde desde o Castelo de São Felipe

Setúbal, Maio de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 08:27
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 14 de Maio de 2013

Intenso

A beleza da natureza

 

Nem tudo precisa ser tempestade para ser intenso, verdadeiro e avassalador.

Paula Eicke


Fim de tarde em Setúbal, Maio de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:26
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2012

Levantar voo sobre Lisboa

Aeroporto de Lisboa

Aeroporto de Lisboa

Lisboa desde o céu

Levantar voo em Lisboa

Levantar voo em Lisboa

 

Normalmente quando vou de viagem levo a máquina comigo, nunca a tinha tirado no momento da descolagem ou aterragem, esta vez não consegui resistir ao por do sol sobre Lisboa e à luz mágica da nossa capital.

 

Tive sorte, o atraso no voo e o tempo de sul fizeram com que levantasse na hora em que a luz dourada iluminava os prédios da cidade e na direcção certa.

 

Levantando voo no Aeroporto de Lisboa

Outubro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 17:39
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Segunda-feira, 5 de Novembro de 2012

Alentejo também é mar, fim de tarde na Praia do Malhão 2

Praia do Malhão

Praia do Malhão

Praia do Malhão

Praia do Malhão

Praia do Malhão

 

Fim de tarde na Praia do Malhão

Vila Nova de Milfontes, Alentejo

Setembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:17
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 4 de Novembro de 2012

Alentejo também é mar, fim de tarde na Praia do Malhão

Praia do Malhão

Praia do malhão

Praia do Malhão

Praia do Malhão

Praia do Malhão

 

No último dia de Verão de 2012

Praia do Malhão, Vila Nova de Milfontes

Setembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 18:25
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Outubro de 2012

Talvez sejas a breve recordação de um sonho

Não o Sonho

 

Não o Sonho

 

Talvez sejas a breve 
recordação de um sonho 
de que alguém (talvez tu) acordou 
(não o sonho, mas a recordação dele), 
um sonho parado de que restam 
apenas imagens desfeitas, pressentimentos. 
Também eu não me lembro, 
também eu estou preso nos meus sentidos 
sem poder sair. Se pudesses ouvir, 
aqui dentro, o barulho que fazem os meus sentidos, 
animais acossados e perdidos 
tacteando! Os meus sentidos expulsaram-me de mim, 
desamarraram-me de mim e agora 
só me lembro pelo lado de fora. 

Manuel António Pina, in "Atropelamento e Fuga" 


Fim de tarde em Setúbal
Jorge Soares

publicado por Jorge Soares às 00:22
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 27 de Julho de 2012

Setúbal, fim de tarde na doca dos pescadores

Fim de tarde na doca dos pescadores

Doca dos pescadores

Doca dos pescadores

Fim de tarde na doca dos pescadores

Doca dos pescadores

 

Setúbal, fim de tarde na doca dos pescadores

Julho de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:32
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Terça-feira, 17 de Julho de 2012

... e descobre que a natureza também tem alma

Contemplação

 

"A arte é a contemplação; é o prazer do espírito que penetra a natureza e descobre que a natureza também tem alma."
( Auguste Rodin )

 

Fim de tarde à beira Sado

Setúbal, Julho de 2012 

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 23:50
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 13 de Julho de 2012

A (outra) árvore do silêncio

A árvore do silêncio

 

O resto é silêncio.

William Shakespeare

 

Fim de tarde em Setúbal

Julho de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 17:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 11 de Julho de 2012

Pescaria

Fim de tarde em Setúbal 

 

Pescaria
Cecilia Meireles

Cesto de peixes no chão.
Cheio de peixes, o mar.
Cheiro de peixe pelo ar.
E peixes no chão.

Chora a espuma pela areia,
na maré cheia.

As mãos do mar vê e vão,
as mão do mar pela areia
onde os peixes estão.

As mãos do mar vêm e vão,
em vão.
Não chegarão
aos peixes do chão.

Por isso chora, na areia
a espuma da maré cheia. 

 

 

Fim de tarde junto ao Rio Sado

Setúbal, Julho de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:17
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Segunda-feira, 18 de Junho de 2012

Praia da Saúde

Praia da saúde

Praia da Saúde

Praia da Saúde

Praia da Saúde

Praia da Saúde

 

A praia e o rio foram finalmente devolvidos ao povo

Fim de tarde na praia da saúde,

Setúbal, Maio de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:08
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 13 de Junho de 2012

Quem tem um amigo ...

Olhar o Sado

 

Quem tem um amigo, mesmo que um só, não importa onde se encontre, jamais sofrerá de solidão; poderá morrer de saudades, mas não estará só.

Amir Klink

 

Fim de tarde em Setúbal

 

Maio de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 00:03
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 8 de Junho de 2012

Fim de tarde no Jardim da Beira Mar 2

Jardim da Beira mar, Setúbal

Fim de tarde em Setúbal

Fim de tarde à beira sado

Fim de tarde à beira sado

Fim de tarde à beira Sado

 

Fim de tarde à Beira Sado

Jardim da Beira-mar, Setúbal

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:02
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Maio de 2012

Sentir é criar

Fim de tarde em Setúbal

 

"Sentir é criar. Sentir é pensar sem ideias, e por isso sentir é compreender, visto que o universo não tem ideias."

Fernando Pessoa

 

Fim de tarde em Setúbal

Maio de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 00:03
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Maio de 2012

um momento feliz....

Nuvens em setúbal

 

Já que a felicidade não existe... Faço de cada instante da minha vida um momento feliz.

Eder Medeiros

 

Uma andorinha num fim de tarde em Setúbal

Maio de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 00:19
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 19 de Março de 2012

O lago dos cisnes

O lago dos cisnes

O lago dos cisnes

O lago dos cisnes

Jardim do Bonfim

Jardim do Bonfim, Setúbal

 

Anoitece no lago dos cisnes

Jardim do Bonfim, setúbal

Março de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:36
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2012

Fim de tarde em Lisboa

Rossio, Lisboa, portugal

Lisboa, Rossio, Portugal

Lisboa, estação do Rossio, Portugal

Lisboa, Restauradores, Portugal

Lisboa, elevador do Carmo

 

Fim de tarde em Lisboa

Janeior, 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:20
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 19 de Dezembro de 2011

Dias de Outono 2

Dias de Outono

 

Repara que o outono é mais estação da alma do que da natureza.

Nietzsche

 

Fim do dia em Lisboa

Novembro de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 19:21
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 4 de Dezembro de 2011

Outono em Setúbal, Avenida Luísa Tody

Outono em Setúbal, Avenida Luísa Tody

Outono em Setúbal, Avenida Luisa Tody

Outono em Setúbal

Outono em setúbal

Outono em Setúbal

 

Fim de tarde de um dia de Outono na Avenida Luisa Tody.

Setúbal

Novembro de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 14:44
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Novembro de 2011

... ser vencido.

Troia, antigo cais dos ferries

 

Conformar-se é submeter-se e vencer é conformar-se, ser vencido. Por isso toda a vitória é uma grosseria. Os vencedores perdem sempre todas as qualidades de desalento com o presente que os levaram à luta que lhes deu a vitória. Ficam satisfeitos, e satisfeito só pode estar aquele que se conforma, que não tem a mentalidade do vencedor. Vence só quem nunca consegue."

(Fernando Pessoa)

 

O que resta do antigo cais dos ferries em Troia com a luz do fim da tarde

Troia, Grândola, Setúbal

Outubro de 2011


publicado por Jorge Soares às 00:03
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sábado, 22 de Outubro de 2011

Rio ancorado

Fim de tarde em Troia

 

Quando já não havia outra tinta no mundo o poeta usou do seu próprio sangue.
Não dispondo de papel, ele escreveu no próprio corpo.
Assim, nasceu a voz, o rio em si mesmo ancorado.
Como o sangue: sem voz nem nascente.

--Mia Couto

 

Fim de tarde em Troia, Outubro de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 10:42
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Domingo, 16 de Outubro de 2011

Sessão de fim de tarde em Troia

O Fotógrafo

A modelo

A modelo

Troia ao fim de tarde

Troia ao fim da tarde

 

Fim de tarde em Troia, um casal Espanhol aproveita a praia quase deserta e a luz dourada para um belo passeio e uma improvisada sessão fotográfica ...  era suposto ele ser o fotógrafo, mas eu não desaproveito momentos como este.

 

Fim de tarde em Troia, Outubro de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:24
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sábado, 15 de Outubro de 2011

Astúrias: Fim de tarde em Luarca

Fim de tarde em Luarca

Fim de tarde em Luarca

Fim de tarde em Luarca

Fim de tarde em Luarca

 

Fim de tarde em Luarca, Astúrias, Espanha

Agosto de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 12:06
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quinta-feira, 13 de Outubro de 2011

Fim de tarde em Troia

Troia

Troia , Setúbal

Troia, Setúbal

Troia, Setúbal

Troia, Setúbal

 

Fim de tarde na praia em Troia, Setúbal

Outubro de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:07
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quarta-feira, 12 de Outubro de 2011

Fim de tarde em Troia

Fim de tarde em Troia

Fim de tarde em Troia

Fim de tarde em Troia

Fim de tarde em Troia

 

Enquanto esperava pelo barco para voltar a casa depois de um passeio pelas praias de Troia, o sol já se tinha escondido atrás da serra da Arrábida, mas o céu dourado e o brilho das varandas do hotel chamaram a minha atenção.

 

Troia, Setúbal, Outubro de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:07
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Terça-feira, 11 de Outubro de 2011

As palavras fazem sentido

As palavras fazem sentido

 

«As palavras fazem

sentido (o tempo que levei até descobrir isto!),

um sentido justo,

feito de mais palavras.

(A impossibilidade de falar

e de ficar calado

não pode parar de falar,

escrevi eu ou outro).

 

Volto a casa.

ao princípio,

provavelmente um pouco mais velho.

As mesmas árvores,

mais velhas

a lembrança delas

passando sem tempo nos meus olhos,

como uma ideia feita ou um sentimento.

 

Entre o que regressa

e o que partiu um dia

ficaram palavras;

 

talvez (quem sabe?)

algum sentido.

Agora, como um intruso, subo as

escadas e abro a porta; e entro, vivo,

para fora de alguma coisa morta.

Senta-te aqui, fala comigo,

faz sentido

e totalidade à minha volta!»

 

Manuel António Pina in Poesia Reunida

 

Fim de tarde em Troia,Troia, Setúbal

Setembro de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 00:03
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|
Related Posts with Thumbnails

Direitos de Autor
Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março.
Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo e serão retiradas de imediato.

 

.pesquisar

 

Também estou aqui: 

Olhares

Picasa Jorge Freitas Soares

Picasa Momentos e olhares



First Class Radio 

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 268 seguidores

.arquivos

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Quem cá vem



.mais comentados

SAPO Blogs

.subscrever feeds