Sexta-feira, 31 de Janeiro de 2014

Saudades do Outono

Saudades do Outono

 

 

Ando um pouco arredado das fotografias, acabo de descobrir que tenho umas dezenas que tirei no Outono para as que nem tinha olhado.... e de repente dei por mim a pensar que ando coms audades das cores do Outono

 

Jardim do Bonfim

Novembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 22:07
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Sexta-feira, 20 de Dezembro de 2013

Nos dias frios do Outono 2

Os dias frios do Outono

 

 

Silêncio

 

Assim como do fundo da música 
brota uma nota 
que enquanto vibra cresce e se adelgaça 
até que noutra música emudece, 
brota do fundo do silêncio 
outro silêncio, aguda torre, espada, 
e sobe e cresce e nos suspende 
e enquanto sobe caem 
recordações, esperanças, 
as pequenas mentiras e as grandes, 
e queremos gritar e na garganta 
o grito se desvanece: 
desembocamos no silêncio 
onde os silêncios emudecem. 

Octavio Paz, in "Liberdade sob Palavra" 
Tradução de Luis Pignatelli

 

Nos dias frios do Outono

Parque Catarina Eufémia

Barreiro, Dezembro de 2013


publicado por Jorge Soares às 17:53
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 19 de Dezembro de 2013

Nos dias frios do Outono

Outono

 

O que resta do Outono numa manhã cinzenta fria e de nevoeiro

Parque Catarina Eufémia

Barreiro, Dezembro de 2013

 


publicado por Jorge Soares às 19:38
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 18 de Dezembro de 2013

Nostalgia

Outono

 

O tempo não pára! Só a saudade é que faz as coisas pararem no tempo...

Mario Quintana

 

Dezembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:37
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 15 de Dezembro de 2013

Morre lentamente ....

Tempo

 

 

Morre lentamente quem se transforma em escravo do hábito, repetindo todos os dias os mesmos trajetos, quem não muda de marca, não se arrisca a vestir uma nova cor ou não conversa com quem não conhece.
Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru.
Morre lentamente quem evita uma paixão, quem prefere o negro sobre o branco e os pontos sobre os “is” em detrimento de um redemoinho de emoções, justamente as que resgatam o brilho dos olhos, sorrisos dos bocejos, corações aos tropeços e sentimentos.
Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz com o seu trabalho, quem não arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, quem não se permite pelo menos uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.
Morre lentamente quem não viaja, quem não lê, quem não ouve música, quem não encontra graça em si mesmo.
Morre lentamente quem destrói o seu amor-próprio, quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente, quem passa os dias queixando-se da sua má sorte ou da chuva incessante.
Morre lentamente, quem abandona um projeto antes de iniciá-lo, não pergunta sobre um assunto que desconhece ou não responde quando lhe indagam sobre algo que sabe.
Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo exige um feito muito maior que o simples fato de respirar. Somente a ardente paciência fará com que conquistemos uma esplêndida felicidade.

 

Martha Medeiros

 

Os dias do Outono em Setúbal

Praia da Sáude, Dezembro de 2013

Jorge Soares 


publicado por Jorge Soares às 17:02
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 10 de Dezembro de 2013

O amor no mar de prata

amor

Amor

Amor

Amor

Amor

 

Os dias do Outono na praia da Saúde

Setúbal, Novembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:14
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Dezembro de 2013

um carinho no momento preciso

Amor

 

No fim tu hás de ver que as coisas mais leves são as únicas
que o vento não conseguiu levar:
um estribilho antigo
um carinho no momento preciso
o folhear de um livro de poemas
o cheiro que tinha um dia o próprio vento...

 

Mario Quintana

 

Os dias do Outono em Setúbal

Praia da Saúde

Dezembro de 2013

 

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:16
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 8 de Dezembro de 2013

Os dias do Outono em Setúbal 7

amor

 

Ter alguém é escolha, escolher permanecer com essa pessoa é uma decisão; e exige compromisso, entrega, honestidade e dedicação.

Amor é não enjoar de amar! Rosto bonito envelhece, maquilhagem sai com água, pele bonita enruga, cabelo bonito fica branco, corpo definido cai, mas o carácter fica!

Carolina Ribeiro


É assim o Outono em Setúbal, esta vez fomos tomar café à praida da Saúde, desde a esplanada frente ao rio a vista era esta, o sol da tarde converte o rio num mar de prata brilhante, e ficamos por ali, a ver a vida passar... devagar.

 

Parai da Saúde,

Setúbal, Dezembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 18:32
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 7 de Dezembro de 2013

Dúvida

Outono

 

Dúvida

 

Eu corro atrás da memória 
De certas coisas passadas 
Como de um conto de fadas, 
De uma velha, velha história... 

Tão longe do que hoje sou 
Que nem sei se quem recorda 
Foi aquele que as passou, 
Ou se apenas as sonhou 
E agora, súbito, acorda. 

Francisco Bugalho, in "Canções de Entre Céu e Terra"

 

O Outono num banco do Jardim don Bonfim

Setúbal, Novembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 18:09
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Dezembro de 2013

Outono no Jardim do Bonfim 6

Outono no Bonfim

Outono no Bonfim

Outono no Bonfim

Outono

Outono no Bonfim

 

Os dias do Outono no Jardim do Bonfim

Setúbal, Novembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 22:28
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 2 de Dezembro de 2013

O Outono num banco de Jardim

O Outono num banco de jardim

 

 

O Outono num banco de Jardim

Jardim do Bonfim

Setúbal, Novembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:14
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Domingo, 1 de Dezembro de 2013

Outono no Jardim do Bonfim 5

Folhas

 

 

Exige muito de ti e espera pouco dos outros. Assim, evitarás muitos aborrecimentos.

Confúcio



Jardim don Bonfim,

Setúbal, Novembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 18:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 30 de Novembro de 2013

Outono no Jardim do Bonfim 4

Outono

Outono

Outono

Outono

Outono

 

Detalhes de um Outono frio no Jardim do Bonfim

Setúbal, Novembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 11:26
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 29 de Novembro de 2013

Outono no Jardim do Bonfim 3

Folhas

 

 

Na vida de um homem não há dois momentos de prazer parecidos, tal como não há duas folhas na mesma árvore exatamente iguais.

Honoré de Balzac




Jardim do Bonfim

Novembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:22
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 28 de Novembro de 2013

Outono no Jardim do Bonfim 2

Outono

Outono

Outono

Outono

 

Folhas de plátano no Jardim do Bonfim

 

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:08
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 27 de Novembro de 2013

Outono no Jardim do Bonfim

Jardim do Bonfim

Jardim do Bonfim

Outono no Jardim do Bonfim

Outono

Outono no Jardim do Bonfim

 

Outono no Jardim do Bonfim

Setúbal, Novembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:20
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 26 de Novembro de 2013

Há opiniões que nascem e morrem como as folhas das árvores

Outono

 

 

Há opiniões que nascem e morrem como as folhas das árvores, outras, porém, que têm a duração dos mármores e do mundo.

Marquês de Maricá


Setúbal, Novembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 25 de Novembro de 2013

No Outono também há borboletas 2

Borboleta da Couve

 

Ontem aqui mesmo no jardim à volta do prédio.

Setúbal

Novembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 22:09
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Domingo, 24 de Novembro de 2013

No Outono também há borboletas

Borboleta da couve

 

O que a lagarta chama de fim do mundo, o homem chama de borboleta.

Richard Bach



Esta andava a passear pelas poucoas flores que sobrevivem nos campos do sopé da arrábida

Borboleta da Couve

Setúbal, Outubro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 19:52
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sábado, 23 de Novembro de 2013

.... para sermos livres.

Borboleta da couve

 

Deveríamos ser como borboletas,
e ter a coragem de enfrentar
a metamorfose da vida,
para sermos livres.

Patty Vicensotti


Uma borboleta da couve algures no sopé da Arrábida

Setúbal

Outubro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 22:12
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 18 de Novembro de 2013

Os dias do Outono em Setúbal: Velas ao vento 2

Os dias do Outono

Os dias do Outono

Os dias do Outono

Os dias do Outono

 

Os dias do Outono no Sado

Setúbal, Outubro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:53
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 17 de Novembro de 2013

Os dias do Outono em Setúbal: Velas ao vento

Velas ao Vento

Veleiro

Velas ao vento

Velas ao Vento

 

 

Continuamos com as imagens desde a esplanada....

Parque Urbano de Albarquel

Setúbal, Outubro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 22:13
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sábado, 16 de Novembro de 2013

Os dias do Outono em Setúbal: A bicicleta

A bicicleta

 

A bicicleta

A bicicleta

A Bicicleta

A Bicicleta

 

Já lá estava quando chegamos, entretanto as pessoas foram passando, o banco ficou vago, e ela ali estava a compor os diversos quadros sem que se conseguisse perceber se o dono andari por ali ou se estava simplesmente abandonada... fiquei sem saber, quando nos fomos embora ela lá continuava no mesmo sitio...a ver os barcos passar no Sado.

 

Parque Urbano de Albarquel, 

Outubro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 15:25
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 14 de Novembro de 2013

Os dias do Outono em Setúbal 5

Dias de Outono em Setúbal

Os dias do Outono em Setúbal

Os dias do Outono em Setúbal

 

 

Exceptuando as do Post anterior, que foram noutro lugar, todas as fotografias desta série "Os dias do Outono em Setúbal" foram tiradas do mesmo lugar.

 

Num dos nosso passeios de fim de tarde sentei-me na esplanada do Parque Urbano de Albarquel a tomar um café... peguei na máquina e fui tirando fotografias ao que via desde ali... pessoas a namorar nos bancos frente ao rio, pessoas a passear, os barcos a passar, crianças a brincar ... tenho muitas mais, que irei colocando... gosto deste lugar, gosto do meu rio, das minhas pessoas, gosto da minha cidade ...e gosto muito de a mostrar ao mundo...

 

Setúbal, Outubro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:40
link do post | comentar | favorito (1)
|
Quarta-feira, 13 de Novembro de 2013

Os dias do Outono em Setúbal 4

Outono em Setúbal

Setúbal

Outono em Setúbal

Setúbal

Setúbal

 

Os dias do Outono em são sauves, cálidos e calmos

Setúbal

Outubro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:39
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 12 de Novembro de 2013

Os dias do Outono em Setúbal 3

Dias de Outono

 

O amor é uma companhia. 
Já não sei andar só pelos caminhos, 
Porque já não posso andar só. 
Um pensamento visível faz-me andar mais depressa 
E ver menos, e ao mesmo tempo gostar bem de ir vendo tudo. 
Mesmo a ausência dela é uma coisa que está comigo. 
E eu gosto tanto dela que não sei como a desejar. 

Se a não vejo, imagino-a e sou forte como as árvores altas. 
Mas se a vejo tremo, não sei o que é feito do que sinto na ausência dela. 
Todo eu sou qualquer força que me abandona. 
Toda a realidade olha para mim como um girassol com a cara dela no meio.

 

Alberto Caeiro


Setúbal, Outubro de 2013

Jorge Soares 


publicado por Jorge Soares às 21:29
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 11 de Novembro de 2013

Os dias do Outono em Setúbal 2

Dias de outono em Setúbal

 

Amigos são aqueles que estão sempre nas horas em que mais precisamos.

Amigos são companheiros, irmãos, cúmplices, são as melhores pessoas do mundo, são aquelas em que podemos sempre confiar sem medo.

Monique de Carvalho Leite


Setúbal, Outono de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:17
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 10 de Novembro de 2013

Os dias do Outono em Setúbal

Os dias do Outono em Setúbal

 

 

Amor tem as formas de um outono,
tristeza tem aroma de janeiro,
saudade tem as cores de uma praça
e alegria tem gosto de brigadeiro.

A paixão é de todas as cores,
desilusão é preta e branca.
Inverno tem cheiro de abraço
e é docinho o sabor da esperança.

 

Karla Thayse

 

Fim de tarde de Outono em Setúbal

Parque Urbano de Albarquel

Outubro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:50
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 2 de Novembro de 2013

Hisbiscus

Hisbiscus

 

Repara que o outono é mais estação da alma do que da natureza.

Nietzsche


O Hisbiscus é uma flor do Outono....

 

Setúbal, Outubro de 2013

Jorge Soares




publicado por Jorge Soares às 12:04
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 31 de Outubro de 2013

Detalhes do Outono 2

Detalhes do Outono

Detalhes do Outono

Detalhes do Outono

 

Parece que o Outono está a ficar deslavado... acho que a minha máquina está a entregar a sua alma ao criador... está para reparar... espero que seja só o software, pois acho que não sei viver sem ela.... 

 

O outono no sopé da Arrábida

Setúbal, Outubro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:41
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Related Posts with Thumbnails

Direitos de Autor
Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março.
Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo e serão retiradas de imediato.

 

.pesquisar

 

Também estou aqui: 

Olhares

Picasa Jorge Freitas Soares

Picasa Momentos e olhares



First Class Radio 

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 268 seguidores

.arquivos

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Quem cá vem



.mais comentados

14 comentários
13 comentários
12 comentários
12 comentários
SAPO Blogs

.subscrever feeds