Terça-feira, 15 de Outubro de 2013

Ai Portugal Portugal

Portugal

 

Lumina, Cascais

Setembro de 2013

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Janeiro de 2013

Sabugal

Sabugal

Sabugal

Sabugal

Sabugal

Sabugal

 

Sabugal

Dezembro de 2012

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 19:36
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Segunda-feira, 21 de Novembro de 2011

... e acorda Portugal

 acorda Portugal...

 

Eu esperei

mas o dia não se fez melhor

e o sujo não se quis limpar,

inventou mais flores em meu redor

como se eu não fosse olhar!

Enfeitou as ruas para cobrir

terra seca de não semear

deram-me água turva a beber

dizem cura e força e solução

como se eu não fosse olhar!

 

Eu esperei

mas o fumo não saiu da estrada

Arde o sonho em troca de nada

Dizem festa, mas é solidão

como se eu não fosse olhar!

A mentira não se fez verdade

e a justiça não se fez mulher

A revolta não se fez vontade

Braços novos sem educação

sangue velho chora de saudade!

 

Eu esperei

dizem luta mas não há destino

dão-me luzes mas não é caminho

dizem corre mas não é batalha

como quem não quer mudar!

Esta corda não nos sai das mãos

esta lama não nos  sai do chão

esta venda não deixa alcançar.

cantam “armas” mas não é amor

mão no peito mas não é amar

fato justo mas sem lealdade

cavaleiro mas já sem moral

braços sujos que se vão esconder

braços fracos não são de lutar

braços baixos não se querem ver

como se eu não fosse olhar!

 

Eu esperei

pelo tempo transparente em nós

pelo fruto puro de escolher

pela força feita de alegria

mas o povo dorme na ilusão!

e a tristeza é forma de sinal

Liberdade pode ser prisão...

Meu Deus, livra-nos do mal

e acorda Portugal...

 

Tiago Bettencourt

Ouvir

 


publicado por Jorge Soares às 00:03
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Segunda-feira, 29 de Agosto de 2011

Gosto do Alentejo

Pôr do Sol em Monsaraz

 

Gosto do Alentejo  

 

Gosto menos dos campos felizes,

Exuberantes, sempre vestidos

De verdes macios…

Não recebo deles aquela inquietação

Que os campos mais tristes

Por vezes me dão!

Gosto mais do Alentejo,

Do meu!...

De Moura onde nasci,

A Beja, Santa Victória,

Onde nasceu o meu amor por ele!

Gosto do meu Alentejo – Tragédia!

Imenso, quente e nu!

Gosto da sua terra de barro

Da cor da carne viva!

Gosto de ouvir dizer

Chaparro, tarro, seara,

Almeara, restolho,

Palavras musicais

Fortes, gostosas,

Que o alentejano diz arrastando

 

Como se arrasta a saudade,

E a ansiedade da sua alma

De homem solitário,

Que tem pudor do riso

E orgulho no canto,

- Esse estranho pranto

Dos sonhos que tem sem se aperceber!...

Gosto do meu Alentejo

De Inverno frio, arrepiante,

Onde só um ventinho cante!

Gosto das suas tardes de Verão,

De calma sufocante,

Onde nem pássaros cantem

E só a cigarra cante!

Gosto da terra!

Da terra que se oferece

Ali, à luz do dia!

Dessa terra fecunda,

Como um ventre macio

Que por amor de Deus

 

Concebe o Pão – o nosso Pão,

Em toda a imensidão

Duma nudez sem pecado!

Gosto do meu Alentejo só,

Tragicamente mudo

Sob o olhar azul do céu!

Gosto de ver bailar

O silêncio mais a escuridão

Nas noites sem Luar!

E, de dia…

O que impõe o Alentejo,

O que nele me seduz,

É ver o silêncio

Mais a solidão,

A gerar o pão

Em bebedeiras de luz!...

 

Maria José Travelho Rijo

Primavera de 1955

Retirado de aqui 

 

O Sol do fim de tarde por entre as ruínas do Castelo de Monsaraz

Julho de 2011

Jorge Soares

 

 


publicado por Jorge Soares às 00:02
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 27 de Agosto de 2011

Alentejo, Monsaraz: Vistas desde o Castelo

Monsaraz, Alentejo, Portugal

Fim de tarde em Monsaraz

Fim de tarde em Monsaraz, Alentejo

Monsaraz, Alentejo

Monsaraz, Alentejo

Fim de tarde em Monsaraz, vistas desde as muralhas.

Alentejo, Julho de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 11:45
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Quinta-feira, 25 de Agosto de 2011

Alentejo, Monsaraz : Olha o passarinho

Monsaraz, Alentejo

Monsaraz, Alentejo

Monsaraz, Alentejo

Monsaraz, Alentejo

 

Dei por eles ainda antes de entrar nas muralhas, eles e o fotógrafo, não sei por onde andariam os convidados, sei sim que os fui encontrando aqui e ali pelas ruelas.... andaram por ali de certeza mais de uma hora.... não lhes gabo a paciência, por algo não houve fotógrafo oficial no meu casamento.. mas  invejo o lucro do fotógrafo, centenas de cliks (€). No fim, na ingreme e perigosa escada de metal que levava ao cimo da muralha, já dava pena a expressão da pobre noiva... mas dizem que quem corre por gosto não cansa....

 

Eu detesto fotos de casamento, não seria capaz de fazer o trabalho ali do senhor... mas adoro apanhar estas cenas, pessoas que fazem pose para outros fotógrafos, estes a fazerem o seu trabalho.... gosto, pronto.

 

Fim de tarde em Monsaraz, Alentejo

Julho de 2011

Jorge Soares

 


publicado por Jorge Soares às 16:28
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 24 de Agosto de 2011

Alentejo: Fim de tarde em Monsaraz

Alentejo, Monsaraz

Alentejo, Monsaraz e Alqueva

Alentejo, Monsaraz

Alentejo, Monsaraz

Alentejo, Monsaraz

 

Fim de tarde em Monsaraz, Alentejo

Julho de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 23 de Agosto de 2011

Telheiro, Monsaraz

Fonte, Telheiro, Monsaraz, Alentejo

Telheiro, Monsaraz, Alentejo

Telheiro, Monsaraz, Alentejo

Telheiro, Monsaraz, Alentejo

Telheiro, Monsaraz, Alentejo, Chaminé

Telheiro, Monsaraz, Alentejo

Julho de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:12
link do post | comentar | favorito
|

Surdo, subterrâneo rio de palavras

Fragas de São Simão

Surdo, Subterrâneo Rio

Surdo, subterrâneo rio de palavras
me corre lento pelo corpo todo;
amor sem margens onde a lua rompe
e nimba de luar o próprio lodo.

Correr do tempo ou só rumor do frio
onde o amor se perde e a razão de amar
--- surdo, subterrâneo, impiedoso rio,
para onde vais, sem eu poder ficar?

Eugénio de Andrade

 

Fragas de São Simão

Figueiró dos vinhos

Junho de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 09:10
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Agosto de 2011

Reguengos de Monsaraz, Igreja de Santo António

Reguengos de Monsaraz

Reguengos de Monsaraz

Reguengos de monsaraz

Igreja de Santo António, Reguengos de Monsaraz

 

O exterior é marcado por grandes arcobotantes e pela torre sineira, o que a torna num dos melhores exemplos de igrejas neogóticas em Portugal.

 

Esta igreja teve as suas raízes históricas no ano de 1887, com a determinação da Junta da Paróquia de Reguengos de edificar um templo em terrenos dos Novos Paços do Concelho.

 

Dedicada a Sto António, foi encomendado o projecto ao Arquitecto António José Dias da Silva (autor da Praça de Touros do Campo Pequeno, em Lisboa) resultando o edifício com características do espírito romântico da época gótico-manuelina.

 

Igreja de Santo António, Reguengos de Monsaraz

 

Fonte CM de Reguengos de Monsaraz

Julho de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:44
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 26 de Julho de 2011

Alentejo também é mar: As escarpas e o mar das cegonhas

Mar Português

Mar do Alentejo

Mar do Alentejo

O Mar das Cegonhas

escarpas de Cabo Sardão

 

As escarpas e o mar das Cegonhas

Cabo Sardão, Odemira, Alentejo

Julho de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 17:12
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sábado, 23 de Julho de 2011

Castanheira de Pêra

a lua em Castanheira de Pêra

Castanheira de pêra

Castanheira de pêra

Castanheira de pêra, Portugaç, Praia das Rocas

Castanheira de pêra, radical

 

Castanheira de pêra, Junho de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 12:43
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 22 de Julho de 2011

Igreja de São Miguel, Penela

 

Igreja de São Miguel, Penela

Igreja de São Miguel, Penela

Igreja de São Miguel, Penela

Igreja de São Miguel, Penela 

 

Igreja de S. Miguel

Já o foral dado por D. Afonso Henriques em 1137 menciona uma igreja no interior da fortaleza, mas deste primitivo templo românico nada é visível uma vez que este foi alvo de sucessivas reformas.

 

Entre as mais importantes contam-se a reedificação de 1420, ordenada por D. Pedro, duque de Coimbra, grande devoto do Arcanjo S. Miguel; e a reforma da 2ª metade do séc. XVI, que conferiu ao interior da igreja o aspecto geral que ainda hoje ostenta - traça basilical de três naves. Estas são divididas em quatro tramos por duas arcadas de colunas de capitéis renascentistas e base octogonal.

 

Na capela-mor emoldurada por um arco triunfal e revestida de talha dourada, são de salientar os painéis laterais com pinturas representando S.Miguel com a típica agitação barroca patente nas vestes.

 

Na nave, que comporta retábulos de talha dourada dos sécs. XVII-XVIII já repintados, duas esculturas merecem atenção: a Virgem com o Menino atribuída ao escultor renascentista João de Ruão (séc. XVI) e uma Santa Ana do séc. XIV.

Na escada de acesso ao adro da igreja são visíveis dois medalhões rectangulares com bustos masculinos do séc. XVI, certamente provenientes das pilastras do arco da capela-mor.

 

O actual aspecto exterior é decorrente da intervenção de cerca de 1950, altura em que a torre foi acrescentada para a colocação do relógio, retirado de uma das torres defensivas.

 

Na sacristia encontra-se a tela retirada do altar-mor representando S. 

 

Fonte Penela 

 

Junho de 2011

Jorge Soares

 

 


publicado por Jorge Soares às 21:22
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quinta-feira, 21 de Julho de 2011

Eu gosto de água

A água no Rio Pêra

Poço Corga, Rio Pêra, Castanheira de pêra

Água

Água

Água, Rio Pêra

 

Eu gosto de água ...e de brincar com a velocidade da máquina .... 

 

 

Praia fluvial de Poço Corga, Rio Pêra

Castanheira de pêra

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 20:00
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 20 de Julho de 2011

Castelo de Penela

Castelo de Penela, Portugal

Castelo de Penela, Portugal

Castelo de Penela

Castelo de Penela

Castelo de Penela, Portugal

 

Castelo de Penela

Penela, Portugal

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 19:20
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 19 de Julho de 2011

Detalhes de Setúbal, Bairro Salgado

Rua das Alcaçarias, Bairro Salgado

Bairro Salgado, Setúbal

Bairro Salgado

Bairro Salgado, Setúbal

Porta, Bairro Salgado, Setúbal

 

Detalhes da minha cidade, Bairro Salgado

Setúbal, Maio de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 19:32
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 16 de Julho de 2011

Dias de Praia, São Torpes

Surf na Praia de São torpes, Portugal

Praia de São torpes, Portugal

Praia de São Torpes, Portugal

Alentejo Também é mar, São Torpes

Prai de São Torpes, Portugal

 

Praia de São Torpes, Sines, Alentejo

Abril de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 17:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 15 de Julho de 2011

Retratos de Família no Cabo Sardão

Cegonhas no Cabo Sardão, Portugal, ninhos

ninho de cegonhas no cabo sardão, crias

Cegonhas no cabo sardão, ninhos com crias

Ninhos com cegonhas no cabo sardão, crias

Ninhos de cegonhas com crias, Cabo Sardão

 

Tinha estado lá em Abril, alguns dos ninhos tinham ovos, em Julho as crias já estão grandes e as familias passaram a numerosas.

 

As Cegonhas do Cabo Sardão, Julho de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 23:30
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|
Quinta-feira, 14 de Julho de 2011

Percepção

Penela

 

"O mundo está cheio de coisas mágicas que pacientemente esperam que a nossa percepção fique mais aguçada."

A utor -Russell , Bertrand

 

Penela

Junho de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 00:22
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 12 de Julho de 2011

O escaravelho

Escaravelho

 

Há muitos, muitos anos ue não via um bicho destes, lembro-me de quando era pequeno os ver lá na aldeia, desde que vim para Sul não os voltei a ver.. encontrei este em Poço Corga e não resisti.

 

Castanheira de Pêra.

Junho de 2011

Jorge Soares

 


publicado por Jorge Soares às 23:44
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Golfinho Parade 2

Golfinho parade, Setúbal, Portugal

Golfinho Parade, Setúbal, Portugal

Golfinho Parade, Setúbal, Portugal

Golfinho Parade, Setúbal, Portugal

Golfinho Parade, Setúbal, Portugal

 

Gosto das cornucópias...e do golfinho disfarçado de vaca... e dos outros, já lá passei várias vezes mas foi sempre ao fim do dia ou à noite.... são bonitos.... é claro que os verdadeiros que costumam andar ... bom, às vezes, ali ao lado no rio, são muito mais bonitos

 

Golfinho parade

Setúbal, Julho de 2011´Jorge Soares 


publicado por Jorge Soares às 21:20
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 11 de Julho de 2011

Penela

Penela

Penela, Portugal

Penela, Portugal

Penela, Portugal

Penela, Portugal, O gato

 

Vila de Penela, Coimbra, Portugal

Junho de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:40
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 10 de Julho de 2011

Setúbal, Cisnes no Jardim do Bonfim

Cisnes Negros, Setúbal Jardim do Bonfim, Portugal

Cisnes Negros, Jardim do Bonfim, Setúbal, Portugal

Cisne, Jardim do Bonfim, Setúbal, Portugal

Cisnes, Jardim do Bonfim, Setúbal, Portugal

 

Cisnes no Jardim do Bonfim

Setúbal, Maio de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 10:07
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sexta-feira, 8 de Julho de 2011

Primavera em Portugal, Borboletas

Castanheira de Pêra, Portugal, Primavera, Borboleta

Castanheira de p~era, Portugal, Borboleta da Couve, primavera

Borboleta, Castanheira de Pêra, Portugal, Primavera

Borboleta, Castanheira de Pêra, Portugal

Borboleta, Castanheira de pêra, Portugal, Primavera

 

Foi um fim de semana produtivo, aqui 5 exemplos das muitas borboletas que cacei no parque de campismo.

Poço Corga, Castanheira de Pêra

Junho de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 17:20
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quinta-feira, 7 de Julho de 2011

A natureza e os detalhes das pequenas coisas

Borboleta, Castanheira de pêra, Portugal

Flor de Amora, Portugal

Coisas, Pequenas coisas, Flor,Portugal

Flores, Primavera, Portugal

Detalhes das pequenas coisas

 

Casal de São Simão, Figueiró dos Vinhos

Junho de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 18:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 5 de Julho de 2011

Borboleta Melitaea phoebe

Euphydryas aurinia, borboleta, Portugal

Euphydryas aurinia. borboleta, Castanheira de Pêra

Euphydryas aurinia, borboleta, Poço Corga, Portugal

Euphydryas aurinia, Borboleta, Portugal Castanheira de pêra

Borboleta, Castanheira de pêra, Portugal,

 

Borboleta Melitaea phoebe

Poço Corga, Castanheira de pêra

Portugal


publicado por Jorge Soares às 20:53
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
|
Segunda-feira, 4 de Julho de 2011

Aldeias de Xisto, Casal de São Simão

Casal de São Simão

Casal de São Simão

Casal de São Simão

Casal de São Simão

Casal de São Simão

Casal de São Simão

 

Casal de São Simão, Figueiró dos vinhos

Junho de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 21:05
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Domingo, 3 de Julho de 2011

Os cisnes da Praia das Rocas

 

Praia das Rocas, Castanheira de pêra

Praia das Rocas Castanheira de Pêra

Praia das Rocas Castanheira de Pêra

Praia da Roca, Castanheira de Pêra

Praia da Roca, Castanheira de pêra Praia da Roca, Castanheira de Pêra 

 

Os Cisnes da Praia das Rocas, Castanheira de Pêra

Junho de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 15:26
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Terça-feira, 17 de Maio de 2011

O Mira em Odemira

Odemira

Odemira

Odemira

Odemira

Odemira

 

As margens do rio Mira em Odemira,

Alentejo, Abril de 2011

Jorge Soares


publicado por Jorge Soares às 19:16
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Segunda-feira, 25 de Abril de 2011

quando Abril chega mais perto

Cravos de Abril
quando Abril chega mais perto
cansa o viver de joelhos
neste tempo sempre incerto
de secar cravos vermelhos

no presente enclausurado
sem golpe de asa que o fira
vive um povo amortalhado
nos pântanos da mentira

na tristeza triste infinda
do país onde me perco
quantos se lembram ainda
da flor nascida no esterco?

a nossa raiz de esperança
que em tempos de solidão
na noite mais triste lança
a sua voz que diz NÃO!

não ao inglório viver
não ao pasmo não à fome
não a um futuro sem ser
não a um povo sem nome

triste foi Pedro soldado
sem barcos e já sem guerra
desfeito o nome bordado
mas dando o seu nome à terra

terra de uma flor ridente
das portas que Abril abriu
soldado poeta gente
flor de mãos que aí floriu

erguida por mãos libertas
noutro sonho noutro dia
tantas novas descobertas
de outra cor de outra harmonia

e lá vem sempre outro Abril
um combate outra vontade
outra cor no céu de anil
que anuncia a liberdade

por Abril por mim por ti
Abril maior mundo afora
e ser português aqui
por ser português agora!

Jorge Castro
25 de Abril de 2011
Jorge Soares

publicado por Jorge Soares às 12:36
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Related Posts with Thumbnails

Direitos de Autor
Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março.
Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo e serão retiradas de imediato.

 

.pesquisar

 

Também estou aqui: 

Olhares

Picasa Jorge Freitas Soares

Picasa Momentos e olhares



First Class Radio 

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 268 seguidores

.arquivos

. Dezembro 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.Quem cá vem



.mais comentados

14 comentários
13 comentários
12 comentários
12 comentários
12 comentários
SAPO Blogs

.subscrever feeds