Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Momentos e Olhares

A vida é feita de momentos, alguns são apagados, levados pelas ondas da vida, outros ficam, perduram na nossa memória e fazem de nós o que somos, olhares, vivências, recordações e saudade! -Jorge Soares

Momentos e Olhares

A vida é feita de momentos, alguns são apagados, levados pelas ondas da vida, outros ficam, perduram na nossa memória e fazem de nós o que somos, olhares, vivências, recordações e saudade! -Jorge Soares

Ano novo com alegria e optimismo

A vida é todos os dias não em fatias de 12 meses

 

Deve ser da idade, mas já não consigo olhar para a vida e dividi-la em fatias de 12 meses, não sou capaz de olhar para trás e pensar se este foi um bom ou mau ano, assim como não consigo olhar em frente e desejar que o próximo seja bom.. ou melhor, não consigo fazer planos a tanto tempo, nem desejos para mais uma fatia da vida... Acho que cheguei a uma fase em que simplesmente quero viver, ir passo a passo, viver cada dia pela positiva, a passagem do ano não é mais que uma passagem do calendário e um motivo para festejar... o tempo passa é verdade.. mas passa todos os dias... deveríamos festejar cada um deles, porque é sinal de que já o vivemos... e cada manhã mais uma oportunidade para vivermos.

 

Os últimos 12 meses  fizeram mudar a minha vida porque com eles veio o concretizar de um desejo antigo e uma nova vida cá para casa, com ela veio o recordar, por vezes saber as coisas não é suficiente, é necessário ver mesmo, que existem mais mundos e mais realidades para além da que vemos e vivemos todos os dias... ir a Cabo Verde e ver a realidade na que vivia a minha filha mostrou-me que há muito por fazer no mundo para que este seja realmente justo.... agora, há que fazer por isso... fazer que o mundo seja mais justo.

 

Desejo a todos os que por aqui passam o mesmo que desejo para mim e os meus, que sejam felizes... sempre, todos os dias.. durante o próximo e  todos os anos seguintes... e já agora, cuidado com os excessos.

 

Jorge Soares

Estou em destaque... obrigadooooooo

Uma flor

 

Já não consigo contar.. este blog faz 3 anos daqui a um mês e se não me engano esta é a sétima vez que está em destaque, a maioria das pessoas não sabe, mas é graças a ele que alimento o meu gosto pela fotografia, é por ele e pelas pessoas que cá passam..e já vão sendo muitas, que tento aprender mais e melhorar todos os dias... e é graças ao blog que alimento o meu cada vez maior vicio pela imagem.

 

Curiosamente ando numa fase em que pouco gosto das fotografias que vou tirando, são fases, mas o blog não pode morrer..e há que tirar mais... e aprender mais, e ser mais exigente comigo...

 

Quero agradecer ao Pedro e ao resto pessoal dos blogs do Sapo por mais este destaque, que funciona como mais um incentivo a fazer mais e melhor.. e já agora deixo aqui um desejo, dêem de vez em quando uma atenção especial aos blogs de fotografia, que os há excelentes na plataforma.

 

A todos os que por aqui passam, aos que deixam uma palavra e aos que não dizem nada, o meu muito obrigado e se puderem, deixem um comentário, mesmo que seja para criticar, que é com as criticas que aprendemos.

 

Boas entradas e um excelente 2011 para todos.

 

Fotografia tirada no quintal da minha mãe

Alviães, Palmaz, Oliveira de Azemeis

Agosto de 2010

Jorge Soares

A todos um bom natal, a todos um bom natal ...

Bom natal

 

Amigo,

 

Inventa o Pai-Natal e dá-lhe um recado que eu já não consigo correr. A maré subiu e o areal desfaz-se com o arrefecimento dos pés. Pede-lhe que me restitua a cozinha. Ele sabe qual é. Grande, quente e escancarada para a fogueira que estalava alegrias. Em caso de dúvida, fala-lhe da fonte que se dava na alegria da água. Todas as manhãs. Quero o aroma do café que aquecia a minha sede. Ele que não se esqueça de me devolver o gosto das filhós que pararam no alguidar de barro cobertas com o branco da urgência. E já agora, diz-lhe que não se retenha no pão. Não, aquele onde cabia a luz e o mel do dia. Por favor, ele que não se atreva a aparecer sem me trazer os rostos que ficaram para trás. A concertina e as mãos. As vozes que cantavam. E o candeeiro que está em cima da cómoda. À entrada. Ele sabe. Que venha, mas com o nevoeiro que doirava os meus sonhos de Natal.

 

Olha, amigo, acha-o depressa que amanhã o tempo já é outro. Nem sei se me consigo lembrar do tanto que me faz falta. Do muito, eu sei. Por vezes, esqueço-me. Só me lembro no dia seguinte e receio confundir as estrelas com a chuva. Chovia naquele dia. Chove agora, também. Quero os passos e os gestos que estão à entrada da cozinha. E os presentes que sobraram. Ele que tenha cuidado. Numa caixa estão uns sapatos de menina. Adormeceram junto à chaminé, na fé da ilusão.

 

Pede-lhe, meu amigo, que me devolva o Natal. E o rio. Ficou tudo arrecadado, basta embrulhar. Papel azul. Com um laço ainda mais azul.

 

Obrigada

 

Bom Natal

 

P.S. – Podes contar-lhe tudo o que te disse. Quero lá saber! Não posso aprovar que ele tenha ficado com os meus presentes. Depois, vem com a história do Natal…

 

O Texto é da Lídia, um enorme beijinho e os meus desejos do melhor natal do mundo para ti.

 

Para todos os amantes da fotografia, os meus desejos de um excelente natal, extensivos a todos os que passam por cá.

 

Jorge Soares

Natal em Roma, La Befana

La Befana, bruxinhas à italiana

La Befana, Roma Itália

La Befana, Roma Itália

La Befana, Roma Itália

La Befana, As bruxinhas em Roma, Itália

 

No Folclore italiano, quem leva os presentes às crianças não é o pai natal é La Befana, uma simpática bruxinha que no dia 6 de Janeiro, feriado nacional, deixa prendas às crianças que se portaram bem.

 

Talvez por isto eu vi poucos pais natais em Roma e na Piazza Novone, por esta altura convertida em feira de natal, havia imensas destas bruxinhas à venda.

 

Roma,  Itália

Dezembro de 2010

Jorge Soares

Roma, Arco de Constantino 2

Arco Constantino, Roma

Arco de Constantino, Roma

Arco Constantino, Roma

Arco Constantino, Roma

Roma, Arco Constantino

 

Arco Constantino, Roma, Itália

 

Arco de Constantino é um arco triunfal em Roma, a curta distância para oeste do Coliseu. Foi erigido para comemorar a vitória deConstantino sobre Maxêncio na Batalha da Ponte Mílvio, 312 AD. A batalha está representada na banda pouco esculpida sobre o lado direito do arco, na frente oposta ao Coliseu.

 

Dezembro de 2010

Jorge Soares

Há mais cores no Outono ...

Há mais cores no Outono

 

Pintura

 

Onde se diz espiga 
leia-se narciso. 
Ou leia-se jacinto. 
Ou leia-se outra flor. 
Que pode ser a mesma. 

As flores 
são formas 
de que a pintura se serve 
para disfarçar 
a natureza. Por isso 
é que 
no perfil 
duma flor 
está também pintado 
o seu perfume. 

Albano Martins, in "Castália e Outros Poemas"

 

.. basta olhar..elas estão lá e formam sempre quadros únicos.

 

Flores silvestres do Outono no Gerês.

Novembro de 2010

Jorge Soares

Castanhas em Roma, quentes, enormes e caras!

Castanhas em Roma

Castanhas em Roma

Castanhas em Roma

vendedores de Castanhas em Roma

 

Não ouvi o "Quem quer quentes e boas", mas elas lá estavam, os assadores são diferentes, as castanhas são enormes, e o arranjo chegava a ser surpreendente, a paciência que terá sido necessária  para organizar as castanhas da terceira fotografia...

 

Por norma andavam aos pares, de avental cor de vinho e com ar de serem emigrantes, a apresentação era quase sempre irrepreensível, sem aquele fumo característico que costumamos ver por cá e com muito menos cheiro... mas o aspecto das castanhas não deixa de ser apelativo... pelo menos até vermos o preço... 5 Euros a Dúzia, fiquei sem saber se também eram boas!

 

Roma

Dezembro de 2010

Jorge Soares

Direitos de Autor
Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março.
Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo e serão retiradas de imediato.

 

Pág. 1/5

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Quem cá vem