Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Momentos e Olhares

A vida é feita de momentos, alguns são apagados, levados pelas ondas da vida, outros ficam, perduram na nossa memória e fazem de nós o que somos, olhares, vivências, recordações e saudade! -Jorge Soares

Momentos e Olhares

A vida é feita de momentos, alguns são apagados, levados pelas ondas da vida, outros ficam, perduram na nossa memória e fazem de nós o que somos, olhares, vivências, recordações e saudade! -Jorge Soares

Esperar .....

A galinha e o banco

 

... uma das coisas que aprendi é que se deve viver apesar de. Apesar de, se deve comer. Apesar de, se deve amar. Apesar de, se deve morrer. Inclusive muitas vezes é o próprio apesar de que nos empurra para a frente. Foi o apesar de que me deu uma angústia que insatisfeita foi a criadora de minha própria vida. Foi apesar de que parei na rua e fiquei olhando para você enquanto você esperava um táxi. E desde logo desejando você, esse teu corpo que nem sequer é bonito, mas é o corpo que eu quero. Mas quero inteira, com a alma também. Por isso, não faz mal que você não venha, espararei quanto tempo for preciso.

 

Clarice Lispector

 

Portalegre, Dezembro de 2011

Jorge Soares

Londres: O Banco

Londres, Oxford Street

Londres, O Banco, Oxford Street

Londres, O Banco, Oxford Street

Londres, Oxford Street, O banco

 

Passamos por Oxford Street ao fim da tarde, a família entrou numa das lojas, eu fiquei à porta, entretanto começou a chover. Reparei no banco ali no passeio e numa aberta por entre os milhares de transeuntes consegui uma fotografia limpa, a seguir chegaram eles e mesmo com o banco molhado pela chuva, sentaram-se.. já que estava com a máquina na mão, ... depois eles levantaram-se tentei apanhar de novo o banco vazio...  quase conseguia ... 

 

Oxford Street ao fim da tarde

Londres, Agosto de 2011

Jorge Soares

Por esta Solidão, que não Consente

Por esta solidão que não consente

 

Por esta solidão, que não consente 
Nem do sol, nem da lua a claridade, 
Ralado o peito pela saudade 
Dou mil gemidos a Marília ausente: 

De seus crimes a mancha inda recente 
Lava Amor, e triunfa da verdade; 
A beleza, apesar da falsidade, 
Me ocupa o coração, me ocupa a mente: 

Lembram-me aqueles olhos tentadores, 
Aquelas mãos, aquele riso, aquela 
Boca suave, que respira amores... 

Ah! Trazei-me, ilusões, a ingrata, a bela! 
Pintai-me vós, oh sonhos, entre as flores 
Suspirando outra vez nos braços dela! 

Bocage, in 'Rimas'

 

Os restos do Outono no inicio do Inverno no Jardim do Bonfim

Setúbal, Dezembro de 2010

Jorge Soares

19 de Dez de 2010, Câmara: SONY DSLR-A350, ISO: 100, Exp.: 1/80 seg., Abert.: 5.6, Ext.: 18mm, Flash: Não

Espera

A espera

 

Horas, horas, sem fim,
pesadas, fundas,
esperarei por ti
até que todas as coisas sejam mudas.

Até que uma pedra irrompa
e floresça.
Até que um pássaro me saia da garganta
e no silêncio desapareça.

Eugénio de Andrade

 

Parque das Nações, Lisboa

Novembro de 2010

Jorge Soares

 

21 de Nov de 2010, Câmara: SONY DSLR-A350, ISO: 200, Exp.: 1/160 seg.,Abert.: 5.6, Ext.: 18mm, Flash: Não

Direitos de Autor
Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março.
Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo e serão retiradas de imediato.

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Quem cá vem