Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Momentos e Olhares

A vida é feita de momentos, alguns são apagados, levados pelas ondas da vida, outros ficam, perduram na nossa memória e fazem de nós o que somos, olhares, vivências, recordações e saudade! -Jorge Soares

Momentos e Olhares

A vida é feita de momentos, alguns são apagados, levados pelas ondas da vida, outros ficam, perduram na nossa memória e fazem de nós o que somos, olhares, vivências, recordações e saudade! -Jorge Soares

Detalhes, coisas, pequenas coisas

Coisas, pequenas coisas

 

Coisas, Pequenas Coisas

 

Fazer das coisas fracas um poema. 

Uma árvore está quieta, 
murcha, desprezada. 
Mas se o poeta a levanta pelos cabelos 
e lhe sopra os dedos, 
ela volta a empertigar-se, renovada. 
E tu, que não sabias o segredo, 
perdes a vaidade. 
Fora de ti há o mundo 
e nele há tudo 
que em ti não cabe. 

Homem, até o barro tem poesia! 
Olha as coisas com humildade. 

Fernando Namora, in "Mar de Sargaços"

 

O Outono cheio de cor, na natureza nada se perde, tudo se transforma, o fim da vida de uma pinha é o berço para estes dois pequenos e bonitos cogumelos.

 

Praia do Meco, Sesimbra, Setúbal

Novembro de 2010

Jorge Soares

Cogumelos Venenosos, Amanita muscaria

Amanita muscaria (conhecida por Frades de sapo ou Mata bois) venenoso

Amanita, Cogumelo vermelho venenoso

Cogumelo venenoso

 

Quanto a regras empíricas para evitar cogumelos venenosos, deve dizer-se que não existe nenhuma com valor: só a observação cuidadosa , nem sempre fácil, pode levar a conclusões seguras.


Entre as espécies venenosas, a Amanita muscaria (conhecida por Frades de sapo ou Mata bois) é particularmente abundante nas nossas florestas sendo no entanto facilmente identificada pela cor vermelha forte do chapéu, pelas escamas brancas que o salpicam.
Apesar de venenosa é frequentemente utilizá-los na ilustração de livros infantis.

 

Fonte: Drap Centro

 

Os cogumelos são muito bonitos..e alguns são verdadeiras delicias... mas o perigo que representam para a vida humana é enorme... dado que fotografei muitos no Gerês e não faço a menor ideia se algum é comestível ou não, decidi fazer um pouco de investigação e deixar aqui as designações que encontrar e os seus perigos para a saúde.

 

Se alguém que passar por aqui perceber de cogumelos e quiser dar uma ajuda, por favor carregue aqui e deixe-me um comentário com a identificação do cogumelo e os seus perigos.

 

Obrigado

 

"Colhidos" no Gerês, na Portela de Leonte e no Campo do Gerês

Outubro de 2010

Jorge Soares

Só a natureza é divina

Cogumelos no Gerês

 

Só a natureza é divina, e ela não é divina... 
Se falo dela como de um ente 
É que para falar dela preciso usar da linguagem dos homens 
Que dá personalidade às cousas, 
E impõe nome às cousas.

Mas as cousas não têm nome nem personalidade: 
Existem, e o céu é grande a terra larga, 
E o nosso coração do tamanho de um punho fechado...

Bendito seja eu por tudo quanto sei. 
Gozo tudo isso como quem sabe que há o sol.

 

Alberto Caeiro

 

Cogumelos na Mata da Albergaria,

Parque nacional da Peneda Gerês

Gerês, Amares

Novembro de 2010

Jorge Soares

 

1 de Nov de 2010, Câmara: SONY DSLR-A350, ISO:400Exp.: 1/100 seg., Abertura: 5.6, Ext. focal: 60mm Flash: Sim

Direitos de Autor
Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março.
Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo e serão retiradas de imediato.

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Quem cá vem