Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Momentos e Olhares

A vida é feita de momentos, alguns são apagados, levados pelas ondas da vida, outros ficam, perduram na nossa memória e fazem de nós o que somos, olhares, vivências, recordações e saudade! -Jorge Soares

Momentos e Olhares

A vida é feita de momentos, alguns são apagados, levados pelas ondas da vida, outros ficam, perduram na nossa memória e fazem de nós o que somos, olhares, vivências, recordações e saudade! -Jorge Soares

Dois horizontes

Pôr do Sol em Cabo verde

 

Dois Horizontes

 

Um horizonte, — a saudade 
Do que não há de voltar; 
Outro horizonte, — a esperança 
Dos tempos que hão de chegar; 
No presente, — sempre escuro,— 
Vive a alma ambiciosa 
Na ilusão voluptuosa 
Do passado e do futuro. 

Os doces brincos da infância 
Sob as asas maternais, 
O vôo das andorinhas, 
A onda viva e os rosais; 
O gozo do amor, sonhado 
Num olhar profundo e ardente, 
Tal é na hora presente 
O horizonte do passado. 

Ou ambição de grandeza 
Que no espírito calou, 
Desejo de amor sincero 
Que o coração não gozou; 
Ou um viver calmo e puro 
À alma convalescente, 
Tal é na hora presente 
O horizonte do futuro. 

No breve correr dos dias 
Sob o azul do céu, — tais são 
Limites no mar da vida: 
Saudade ou aspiração; 
Ao nosso espírito ardente, 
Na avidez do bem sonhado, 
Nunca o presente é passado, 
Nunca o futuro é presente. 

Que cismas, homem? – Perdido 
No mar das recordações, 
Escuto um eco sentido 
Das passadas ilusões. 
Que buscas, homem? – Procuro, 
Através da imensidade, 
Ler a doce realidade 
Das ilusões do futuro. 

Dois horizontes fecham nossa vida.

 

(Machado de Assis, in "Crisálidas")

 

Pôr do sol em Cabo verde

Fevereiro de 2010

Jorge Soares

Passarinha de pena azul (Halcyon)

Pássaro em Cabo verde

Passarinha de pena azul

Passarinha de pena azul, Cabo verde

Passarinha de pena azul, Cabo Verde

 

Passarinha (Halcyon leucocephala) é um guarda-rios com uma grande zona de distribuição que vai de Cabo Verde (ilhas de Brava, Fogo e Santiago),Mauritânia, Senegal e Gâmbia, até à Etiópia, Somália e sul da Arábia, a leste, e África do Sul, a sul.

 

Este bichinho estava comodamente sentado numa das muitas árvores que rodeavam o hotel,  a ver o pôr do sol sobre o mar.

 

Praia, Ilha de Santiago, Cabo Verde

Fevereiro de 2010

Jorge Soares

Intervalo

Pôr do sol na Praiinha, Cabo Verde

 

  Intervalo

 

Quem te disse ao ouvido esse segredo 

Que raras deusas têm escutado - 

Aquele amor cheio de crença e medo 

Que é verdadeiro só se é segredado?... 

Quem te disse tão cedo? 

 

Não fui eu, que te não ousei dizê-lo. 

Não foi um outro, porque não sabia. 

Mas quem roçou da testa teu cabelo 

E te disse ao ouvido o que sentia? 

Seria alguém, seria?

 

Ou foi só que o sonhaste e eu te o sonhei? 

Foi só qualquer ciúme meu de ti 

Que o supôs dito, porque o não direi, 

Que o supôs feito, porque o só fingi 

Em sonhos que nem sei? 

 

Seja o que for, quem foi que levemente, 

A teu ouvido vagamente atento, 

Te falou desse amor em mim presente 

Mas que não passa do meu pensamento 

Que anseia e que não sente? 

 

Foi um desejo que, sem corpo ou boca, 

A teus ouvidos de eu sonhar-te disse 

A frase eterna, imerecida e louca - 

A que as deusas esperam da ledice 

Com que o Olimpo se apouca.  

 

Fernando Pessoa

In Cancioneiro

 

Pôr do Sol na Praiinha, Cidade da Praia, Cabo Verde

Fevereiro de 2010

Jorge Soares

Direitos de Autor
Nenhuma parte deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março.
Uma vez que a maioria das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo e serão retiradas de imediato.

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Quem cá vem